Num país de samba e ritmo tropical, era inevitável! Os atletas dos Jogos Olímpicos 2016 tinham de arriscar um passinho de dança. O palco não é bem o sambódromo, mas escolhemos um pódio que mostra que os atletas também se mexem ao som da competição. 

Medalha de Bronze: Usain Bolt samba na conferência de imprensa

Digamos que na pista de dança, Usain Bolt não leva a medalha de ouro. O momento aconteceu na conferência de imprensa da selecção da Jamaica e até teve piada. Mas Bolt deve mesmo dedicar-se ao que sabe fazer melhor: correr. O homem mais rápido do mundo ainda precisa de uns treinos até conseguir acompanhar as sambistas que os rodearam na sala. Talvez até ao Carnaval consiga!

Medalha de Prata: O ritmo de Laurie Hernandez na ginástica

https://www.youtube.com/watch?v=XYMouUI4b3s

A jovem revelação de Nova Jersey (EUA) tem estado debaixo de olho do júri dos Jogos Olímpicos e dos sites de dança. Sites como o Dance Spirit classificam Laurie Hernandez como uma “perfeição” na ginástica e na dança, em que entre os saltos da ginástica há ritmo e movimentos de dança.

Com 16 anos, esta é a primeira vez de Laurie nos Jogos Olímpicos. Por enquanto, já alcançou o ouro na competição em equipa e vai estar no próximo dia 15 de agosto a no exercício de barra de equilíbrio. Caso não ganhe ouro na prova, fica já com a medalha de prata pelo carisma e personalidade que demonstrou até ao momento.

Medalha de Ouro: A dança da vitória de Nijat Rahimov

https://www.youtube.com/watch?v=mSnCYY7-KoI

A medalha de ouro tinha de ir para Nijat Rahimov e nem é por ter levantado 215 kg na categoria dos homens de 77 kg no levantamento de peso. O atleta a competir pelo Cazaquistão fica no pódio por a celebração eufórica que teve a seguir ao feito. Qual a ideia de Rahimov? Dançar a “funky chicken dance“. Boa forma de comemorar, depois de ter estado proibido de competir de 2013 a 2015 devido a doping. É assim no Rio 2016!