O artista australiano lushsux pintou um mural em Melbourne, em memória da carreira de Taylor Swift. Na tentativa de evitar o inevitável processo judicial, o artista urbano substituiu o apelido da cantora por Smith. Mas o inevitável aconteceu, e Taylor Swift ameaça agora avançar com ação legal. Ontem (21) lushsux divulgou que a equipa da artista o contactou. “O advogado de Taylor Smith enviou-me um e-mail com uma ameaça de ação legal se não remover o meu mural“, riu.

Coloquem flores ou acendam uma vela“, pediu. “A doce princesa foi-nos tirada cedo demais“, lê-se no Instagram. O vídeo é acompanhado de Candle In The Wind, a famosa homenagem de Elton John a Diana, Princesa de Gales.

https://www.instagram.com/p/BIEQ3Xnjt7u/

Tempos conturbados para Taylor Swift

Não têm sido dias fáceis para Taylor Swift. Na semana passada, foi acusada pelo ex-namorado Calvin Harris de o “tentar enterrar como [fez] a Katy [Perry]“. A acusação surge depois da artista ter anunciado o seu papel na composição de This is What You Came For, o novo single do DJ com Rihanna.

Como reportámos, os créditos da música nomeavam o sueco Nils Sjöberg como um dos compositores. Sjöberg é uma pessoa real, mas não teve nenhum envolvimento na canção, tendo sido um pseudónimo utilizado por Swift para ocultar a sua identidade. No Twitter, Harris condenou a atitude da cantora de tornar a questão pública e considerou ser uma estratégia para eclipsar o seu trabalho.

Nos últimos dias surgiram lojas virtuais que vendem t-shirts como luto da morte artística de Swift. Na descrição lê-se: “Assassinada via Snapchat“. Esta semana, Kim Kardashian partilhou um vídeo na rede social onde expôs “a verdade” sobre a rivalidade entre a cantora de Bad Blood e Kanye West.

Recuemos ao lançamento do último disco do rapper, The Life of Pablo, que inclui a música Famous: onde West refere Swift. “I feel like me and Taylor might still have sex / I made that bitch famous“, canta. Kanye afirmou que a cantora soube da composição da canção, mas Swift negou-o e considerou a letra sexista e misógina.

No vídeo, Kardashian expôs uma conversa telefónica entre West e Swift, onde o marido lê a letra de Famous à voz de Wildest Dreams e ela o autoriza a usá-la. Embora não se oiça West a ler a parte explícita da canção, o Internet drama tomou assim proporções épicas.