Portugal voltou a sofrer para seguir em frente no Euro 2016 e a RTP1 aproveitou. Quaresma marcou e, com ele, o canal estatal chegou à estratosfera das audiências.

O jogo desta quinta-feira segurou em frente ao ecrã 37,5% dos telespectadores portugueses. Nada mais nada menos que 3.636,4 milhões de pessoas, correspondente a um share de 68,8%.

A partida contra a Polónia, que se prolongou durante 162 minutos, só terminou nos penáltis e esteve sempre em rota ascendente. Quando Quaresma fez entrar o golo que carimbou a vitória da equipa nacional, 45,9% da audiência (76,3% de share) sintonizava a estação pública. Quase 4,5 milhões de telespectadores.

O sucesso do jogo aconteceu também além-fronteiras.

Polónia: 15,97 milhões de telespectadores e 86,6% de share;
Alemanha: 15,74 milhões de telespectadores e 55,9% de share;
França: 9,2 milhões de espectadores e 42,9% de share;
Itália: 7 milhões de telespectadores e 32,1% de share;
Reino Unido: 6 milhões de telespectadores;
Espanha: 4,98 milhões de telespectadores e 33,2% de share;
Bélgica: 1,18 milhões de telespectadores e 59,2% de share;

RTP1 no melhor dia dos últimos anos

O primeiro canal da estação pública conquistou assim uns raros 33,4% de share diário e deixou a segunda classificada, a TVI, a quase 20 pontos percentuais de distância, com apenas 14,9% de quota de mercado. A SIC fechou o dia com 12,1%. Seguiram-se SIC Notícias (2,1), Panda (1,9), TVI24 (1,9), Hollywood, CMTV, Disney Channel (1,7) e a RTP3, com 1,6%.

Outros destaques do dia

  • A TVI substituiu, em dia de jogo, o Jornal das 8 por um Especial Europa. Opção com maus resultados: 2,7% de audiência média e 5,5% de share, atrás da SIC. O Jornal das 8, emitido às 20h45, no intervalo da partida, não fez muito melhor – 3,6% de audiência média e 6,9% de quota de mercado. Também atrás da SIC.
  • As novelas voltaram a mínimos: Coração d’Ouro (8,7% / 14,4%), A Única Mulher (7,6% / 13%), Rainha das Flores (7,3% / 16,3%), Santa Bárbara (9,4% / 22,4%) e Verdades Secretas (4,1% / 14,2%) não resistiram ao impacto da transmissão futebolística.
  • Na RTP1 e RTP3 foi dia de máximos do ano.
    • Na RTP1, além da partida, subiu A Culpa é do Ronaldo para um máximo de 2,4% de audiência média e 12,6% de share.
    • Na RTP3, que se aproximou das concorrentes, recordes para os resumos do dia com 2,3% de audiência média e 4,6% de share e ainda para Euro 2016: A Melhor Seleção, que registou 2,4% de audiência média e 5,8% de share. A essa hora, o canal informativo da RTP era o 4.º mais visto a nível nacional.
Os dados de audiência são relativos aos totais diários e são da responsabilidade da GfK/CAEM.