O verão ainda nem vai a meio, mas as editoras não param – chegamos agora a julho com um rol de novos livros. Desde romances da alta sociedade e reedições de clássicos desconcertantes às novas histórias de sagas intemporais, temos a garantia de uma continuação de um verão recheado de boas leituras.

O Rouxinol

Kristin Hannah, Bertrand Editora

1 de julho | 17,70€ (Bertrand Livreiros); 15,93€ (FNAC Especial Internet)

O Rouxinol é a história de duas irmãs separadas pelo tempo, os ideais e as circunstâncias, cada uma na busca pela sua sobrevivência. Vienne, residente da tranquila vila de Carriveau, despede-se do marido que parte para a guerra; mas quando os alemães invadem a França e um capitão nazi reclama a sua casa, Vienne vê-se num dilema: ou passa a viver com o inimigo, com todos os perigos que isso representa, ou perde tudo o que tem. A sua irmã Isabella, por sua vez, é uma rapariga rebelde de dezoito anos que se apaixona por Gäetan, um partisan convicto de que a França é capaz de derrotar os nazis a partir do interior. Quando este a trai, ela junta-se à Resistência e nunca mais olha para trás, com o único objetivo de salvar a vida dos outros – mesmo que isso signifique pôr a sua em perigo.

Raínhas Trágicas

Renato Drummond Neto, Vogais

4 de julho | 16,91€ (FNAC – Especial Internet)

A função de uma rainha era regulada por um padrão de retidão feminina muito restrito – eram educadas para servirem o marido e o Estado, serem um exemplo de virtude para todas as mulheres do reino e proverem a Coroa com os futuros varões e reis; porém, foram muitas as que decidiram quebrar o padrão. Desde Ana Bolena, Mary Stuart, Maria Antonieta, Maria I de Portugal a Carlota Joaquina, Raínhas Trágicas dá a conhecer a história de quinze mulheres que se insurgiram contra o que lhes era imposto enquanto soberanas e mulheres.

Pessoas Como Nós

Stephanie Clifford, Edições ASA

5 de julho | 16,50€ (Bertrand Livreiros); 14,85€ (FNAC Especial Internet)

Evelyn Beegan pertence a uma família de novos-ricos; a mãe, obcecada pelo glamour da alta sociedade de Manhattan, faz de tudo para pertencer à elite – mas os seus planos são sempre em vão. O seu dinheiro é demasiado novo, as regras demasiado rígidas, e os Beegen não têm a melhor aceitação nos círculos sociais altos. Evelyn detesta esse ambiente mas, ao perder o emprego, vê-se forçada a trabalhar para uma rede social das elites – uma espécie de Facebook dos multimilionários – e acaba por ter de frequentar os locais pretensiosos que tanto odeia; e, eventualmente deixa-se encantar também pelo brilho da alta sociedade. Mas depressa percebe que para permanecer no topo, terá de fazer sacrifícios.

Bicha

William S. Burroughs, Quetzal

8 de julho | 16,60€ (Preço de editor/Bertrand); 14,94€ (FNAC Especial Internet)

A reedição de um dos clássicos mais desconcertantes da literatura da beat generation, chega-nos Bicha, de título original Queer, do controverso William S. Burroughs. Pontuado com um humor negro simultaneamente íntimo e político, realista e fantasioso, a obra apresenta-se como Queer nos mais diversos sentidos da palavra: como substantivo (homossexual – pejorativo ou como reclaimed slur), adjetivo (esquisito, falso, dúbio), e verbo (frustrar, irritar, desorientar). Nada na vida e carreira literária de Burroughs, desde a morte acidental da sua mulher Joan Vollmer (facto ao qual ele atribui o início da sua carreira de escritor) é convencional ou linear, e Bicha é um livro que deixa isso a claro.

Visão de Prata

Anne Bishop, Saída de Emergência

8 de julho | 15,98€ (Preço de editor)

Visão de Prata é o terceiro livro da saga Os Outros. Nesta nova série, o mundo é dominado por criaturas a quem chamam Os Outros, cujas presas preferidas são os humanos. Os Outros libertaram os cassandra sangue como forma de os proteger, mas não se aperceberam das consequências que as suas ações teriam; agora, cabe a Meg Corbyn, a profetisa contactada por Simon Wolfgard, um metamorfo líder entre os Outros, procurar nas suas visões respostas para o futuro tanto dos Outros, como dos humanos.

O Cavaleiro da Morte

Bernard Cornwell, Saída de Emergência

8 de julho | 15,98€ (Preço de editor)

Uthred é um aliado perigoso para o rei Alfredo de Wessex; foi criado como um viking, é casado com uma saxã, mas é um pagão arrogante e teimoso. Porém, é um guerreiro valioso e um dos poucos que restam na liderança de Wessex após uma trégua desastrosa. Derrotados pelos vikings, os saxões têm a todo o custo que manter a sua força entre os seus seguidores; mas Uthred vê-se dividido entre a sua herança e glória viking, e o respeito que ganhou por Alfred e pela sua liderança. E sendo Uthred a última esperança do rei, resta-lhe apenas conseguir conquistar a sua confiança se pretender fazer frente ao inimigo.

Fechada Para o Inverno

Jørn Lier Horst, D. Quixote

12 de julho | 15,93€ (FNAC Especial Internet)

Quando Ove Bakkerud entra na sua casa de férias em Stavern na costa norueguesa e se depara com uma cena de crime após um assalto, o detetive William Wisting é enviado para investigar o caso. Porém, além de um assalto, é ainda encontrado um cadáver na casa vizinha, e este é um homicídio como Wisting nunca antes vira na sua carreira; algo brutal e grotesco, como se alguém não tivesse nada a perder. E o seu desespero apenas aumenta quando não só a sua filha se muda para junto da fiorde, como os corpos mutilados continuam a aparecer.

A Quinta Estação

Mons Kallentoft, D. Quixote

19 de julho | 17,91€ (FNAC Especial Internet)

A Quinta Estação é o quinto livro da tetralogia de Mons Kallentoft iniciada em Sangue Vermelho em Campo de Neve. Esta segue a vida pessoal e percurso profissional da inspetora Malin Fors. Nesta última obra, espera finalmente saber-se a resolução do mistério de Maria Murval, uma jovem assistente social que, após ter sido espancada e violada numa floresta da Suécia, é condenada a viver numa clínica psiquiátrica. A obsessão de Malin Fors pela história da rapariga finalmente atinge o seu pico e resolução, nesta conclusão de uma saga há muito antecipada.

Harry Potter and the Cursed Child

J.K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, Little Brown

31 de julho | 20£ (Preço de editor); 22,95€ (FNAC Especial Internet)

Dezanove anos depois dos eventos da Saga Harry Potter, chegou a oitava história e a primeira a ser apresentada em palco. Baseada numa história original de J.K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, é finalmente publicado o guião da peça de Jack Thorne Harry Potter and the Cursed Child – Parts I & II.

Não é fácil ser-se Harry Potter, especialmente agora: é um funcionário sobrecarregado do Ministério da Magia e pai de três filhos em idade escolar. Como se não bastasse o seu passado continuar a assombrá-lo, o seu filho Albus ainda se debate à custa do legado familiar que nunca quis. E quando o passado e o presente se unem novamente, pai e filho vão ter de aprender algo desconfortante: a escuridão vem de lugares inesperados.