Abriram ao público, no passado dia 5 junho, os jardins do Palácio de São Bento. Segundo a Câmara de Lisboa os mesmos poderão ser visitados todos os domingos entre as 10:00 e as 18:00. No outono e no inverno a hora de fecho passa para as 17:00.

A iniciativa resulta de uma parceria entre a Presidência do Conselho de Ministros e a Câmara Municipal de Lisboa. Até à data os jardins só eram visitados mediante marcação de visita guiada.

A abertura dos jardins do Palácio de São Bento aumenta a lista de espaço verdes na capital outrora fechados que, desde 2008, tem sido abertos à população como o jardim da Cerca da Graça ou o Parque Bensaúde.  Também a Quinta das Carmelitas em Carnide e o Jardim do Palácio da Ajuda poderão ser visitados em breve.

O Palácio de São Bento foi inaugurado no século XVI como mosteiro beneditino, sofrendo ao longo do tempo avultadas transformações. No século XIX, após um violento incêndio, foi reconstruído pelo arquiteto Miguel Ventura Terra na linha da estética neoclássica.

O jardim, nas suas traseiras, caracteriza-se por uma simetria de inspiração francesa na disposição dos canteiros e das estátuas. Conta, ainda, com quatro lanços de escadas de forma a acompanhar o intenso declive do terreno.