Lisboa vs Porto

Lisboa Vs Porto: Miradouros

Tanto Lisboa como o Porto são donos de vistas e locais verdadeiramente encantadores. Para vários turistas não há nada melhor do que conseguir um vislumbre único de uma cidade a partir de um certo ponto. De modo a dar-te umas dicas para teres acesso a vistas inesquecíveis, o Lisboa vs Porto reuniu para ti alguns dos mais belos miradouros de ambas as cidades, quer queiras tirar uma boa foto, ou simplesmente apreciar a paisagem.

Lisboa

Miradouro de Santa Luzia

Miradouro Santa Luzia

Quem sobe um bocadinho a partir da Sé de Lisboa e mesmo antes de chegar ao Castelo de S .Jorge (que tem outro dos miradouros mais bonitos e emblemáticos da cidade de Lisboa), chega ao miradouro de Santa Luzia, paragem obrigatória para turistas e alfacinhas. Este miradouro é único pela sua vista sobre o Tejo e sobre as ruas sinuosas do bairro de Alfama, um dos mais antigos da cidade de Lisboa.

Há ainda um pequeno jardim, uma esplanada, um espelho de água e um belo painel de azulejos com alguns episódios da história lisboeta (como a vida no Terreiro do Paço antes do terramoto de 1755). Esta conjunção faz com que este miradouro seja apelativo até nos dias mais quentes. A partir dele pode ver-se a Cúpula de Santa Engrácia, a Igreja de Santo Estêvão e as duas torres brancas da Igreja de São Miguel.

Miradouro do Adamastor

Miradouro do Adamastor

O Miradouro do Adamastor é um dos miradouros mais recentes da cidade (foi remodelado há pouco tempo e antes era conhecido como Miradouro de Santa Catarina) e um dos preferidos dos mais jovens. Para quem vem do Largo Camões e sobre a calçada do Combro, tem de virar na segunda rua à direita e segue sempre em frente.  A estátua do monstro, que remete para os Descobrimentos Portugueses e para a obra de Luís de Camões, é um dos atrativos principais.

O outro é a vista priveligiada para a cidade de Lisboa, para o Rio Tejo, para a Ponte 25 de Abril e para a Margem Sul do Tejo. Durante a tarde e ao longo da noite pode contar-se com animação de rua: música e dança principalmente. E há uma esplanada no miradouro, para matar a sede e a fome.

Miradouro de Sophia de Mello Breyner Andresen

Miradouro Sophia de Mello Breyner Andresen

O miradouro de Sophia de Mello Breyner Andresen, em homenagem à poetisa que ali passou muitas tardes, é talvez um dos mais conhecidos miradouros de Lisboa. Situado na freguesia de S. Vicente, junto à Igreja da Graça, é também conhecido como Miradouro da Graça, sendo um dos mais emblemáticos e populares da cidade. Além dos pinheiros mansos que fazem sombra ao miradouro, há ainda uma esplanada, onde nos podemos sentar enquanto observamos ao fundo o Castelo de S. Jorge ou a Mouraria. Também se pode contemplar outras zonas da cidade de Lisboa, como a baixa pombalina, o Convento do Carmo, ou avistar ao fundo o Tejo e a ponte 25 de abril. Podemos encontrar também no miradouro um busto da poetisa que lhe deu o nome, além de um poema da sua autoria.

O miradouro da Graça é apreciado pela calma e tranquilidade, que combinam perfeitamente numa sensação de descanso. De fácil acessibilidade, os turistas podem lá chegar através do famoso elétrico 28.

Miradouro do Torel

Miradouro do Torel

Certamente menos conhecido que o miradouro da Graça é o Miradouro do Torel. Este miradouro fica situado no Jardim com o mesmo nome, numa das colinas da cidade, junto ao Campo Mártires da Pátria. A chegada ao Jardim pode ser feita através do Elevador da Lavra, o mais antigo de Lisboa. Com vista para toda a zona ocidental da cidade, incluindo a Avenida da Liberdade, a Baixa ou a colina de S. Roque, o jardim está cheio de espaços verdes, rodeado por moradias dos séculos XVIII e XIX.

O jardim do Torel está dividido em vários patamares que incluem, além do miradouro, um quiosque que serve pequenas refeições, um parque infantil e um lago. Em agosto este lago funciona como uma piscina para os seus visitantes.

Porto

Monte Tadeu

Monte Tadeu

O Monte Tadeu (conhecido antes por Monte dos Congregados) é uma zona habitacional existente na freguesia do Bonfim e bastante conhecido não só por ser o principal miradouro da cidade do Porto mas também por ser o ponto mais alto de toda a cidade. É desse mesmo ponto, o qual se poderá chegar a partir da Rua dos Congregados e a Rua da Alegria, que é possível ter acesso a uma magnífica vista que abrange a cidade inteira e ainda as cidades vizinhas como Matosinhos, Valongo, Vila Nova de Gaia e Gondomar e ainda, em dias de céu limpo, o Rio Douro, as suas pontes e até mesmo o oceano.

É também neste miradouro que se situa o velho Jardim do Monte de Tadeu e também se poderá ter acesso ao maior reservatório de água da cidade. Apesar de ser o ponto mais alto da cidade, o miradouro está neste momento a necessitar de ser requalificado urbanisticamente para que o acesso a qualquer visitante possa ser possível.

Miradouro da Serra do Pilar

Miradouro Serra do Pilar

É na Serra do Pilar que se situa o mosteiro com o mesmo nome que é considerado Património da Humanidade. De fácil acesso através da Ponte D. Luís (quer a pé, quer de Metro), o mosteiro é palco de uma magnífica visão sobre o Rio Douro e toda a marginal da Invicta. Foi construído no século XVI por Diogo de Castilho e João de Ruão e serviu para albergar os Cónegos Regrantes de Santo Agostinho.

Em inícios do século XIX, o mosteiro foi ocupado pelo exército de Wellington quando planeou o ataque contra o Porto, na altura ocupado pelas tropas de Napoleão. Hoje em dia é um importante ponto histórico, um dos melhores miradouros do Porto e o lugar ideal para assistir a um pôr do sol romântico.

Miradouro da Vitória

Blick_über_Porto_von_Miradouro_da_Bateria_da_Vitoria_(14007650054)

Localizado no coração da baixa da cidade, o Miradouro da Vitória tem uma das vistas mais recomendadas para aqueles que queiram admirar, de um só local,uma variedade de referências da cidade Invicta. Este local escondido permite um vislumbre autêntico sobre locais históricos tais como como a Igreja dos Grilos, o Palácio da Bolsa e a Sé Catedral.

Há também uma vista direta para o rio Douro, assim como para a margem de Vila Nova de Gaia, onde estão situadas as caves do vinho do Porto. É um miradouro ideal para aqueles que desejarem tirar várias fotos nas quais consigam capturar, numa só imagem, vários elementos da cidade.

Topo da Torre dos Clérigos

2663907

Por fim, não poderíamos deixar de referir um local que por apenas 3 euros permite uma vista alta e panorâmica sobre toda a cidade do Porto. Falamos, é claro da icónica Torre dos Clérigos, visitada por milhares de turistas que sobem e descem diariamente os seus seis andares, 240 degraus e 75 metros de altura para terem uma perspetiva totalmente diferente da cidade do Porto.

Concebido pelo arquiteto italiano Nicolau Nasoni, este ex-libris da cidade Invicta começou a ser construído em 1732, mas só em 1763 se completou toda a obra (torre e igreja incluídas). Atualmente é considerado um dos edifícios mais altos de Portugal e desde 1910 que é reconhecido como um monumento nacional.

Texto da autoria das Alfacinhas Inês Chaíça e  Serenela Moreira e dos Tripeiros Sara Sampaio e Tiago Costa