20160530_184837

Festas de Lisboa ’16: A cidade que quer ser do mundo

As Festas de Lisboa de 2016 arrancam a 1 de junho e irão prolongar-se durante um mês. Este ano, há dois temas que irão ser destacados nas atividades pensadas: o 170.º aniversário de Bordalo Pinheiro e o 50.º aniversário da construção da Ponte sobre o Tejo.

As festas que querem ser de todos, do lisboeta mais bairrista ao turista curioso, têm um programa a condizer. Para além dos arraiais e dos casamentos que, de tão típicos, não podiam faltar, destaca-se também o concerto de Amor Electro (dia 18 de junho, na Alameda), a iniciativa Fado no Castelo (dias 16, 17 e 18 de junho e que irá contar com nomes como Carminho e Ana Moura) e, para fechar com chave de ouro, os Buraka Som Sistema vão encerrar a sua tourné mundial na cidade que os viu nascer (a 1 de julho) com Globaile.

Bruno Nogueira e Manuela Azevedo prometem entreter a noite de 10 de junho, no Terreiro do Paço, às 22h00, com o Deixem o Pimba em Paz, um espetáculo de entrada livre. O Teatro das Compras, que já é um habitué das festas de Lisboa, regressa este ano com um elenco exclusivamente feminino, que inclui nomes como Custódia Gallego e Cláudia Gaiolas. Esta iniciativa, que decorre dias 16, 17, 18, 23, 24 e 25 de junho, é constituída por pequenas peças de teatro, com duração de 20 minutos, que têm como palco as lojas da Baixa.

O cinema não foi esquecido e, de 30 de junho a 16 de julho, o público poderá contar com mais uma edição do festival CineConchas, na Quinta das Conchas. A entrada é livre e apresentará filmes que agradarão a miúdos e graúdos.

20160530_182250

Para celebrar os 50 anos da ponte que tem lugar cativo nos postais lisboetas, e sob o mote “Pontes de Vista”, três dos miradouros mais emblemáticos da cidade vão ser alvo de intervenções visuais. Os três escolhidos são o miradouro de Santo Amaro, do Monte Agudo e do Largo das Necessidades. A entrada é, também, gratuita.

Ao concurso dos tronos de Santo António, que este ano vai ter um percurso de visita oficial, junta-se o já tradicional Concurso de Sardinhas das Festas de Lisboa. Depois de recebidas mais de 8000 propostas, de 70 países, da Coreia do Sul à Grécia, o júri, composto por Gisela João, Nuno Markl, Rita Blanco, Rui Unas e Vhils escolheu as cinco sardinhas premiadas que podem ser vistas na página do facebook das Festas de Lisboa.

E porque Lisboa também é literatura, no dia 8 de junho será apresentado, na Feira do Livro, o guia Ver e Ler Lisboa. Este guia apresenta 20 roteiros por Lisboa assinado por 20 escritores, de Alice Vieira a Rui Zink.

Queremos que as festas sejam para todos“, reitera Joana Gomes Cardoso, da EGEAC. Lisboa quer-se para todos, e, como canta Rita Seidi, embalada por ritmos quentes numa música originalmente cantada por Sara Tavares,Lisboa, se não fosses minha, eu te roubava num postal de espuma“.

 

Fotografia: Inês Chaíça

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Em Família Manuel Luís Goucha Cristina Ferreira
Cristina e Goucha batem cinema da SIC e TVI lidera o dia