A 27 de maio nasce a editora Shift Imprint, futurista e com olho para os novos talentos musicais. Numa temática interestelar a Cosmodrome foi preenchida por boa música, outfits arrojados e claro, muito glitter.

A festa de inauguração da nova editora decorreu no MUSICBOX Lisboa e já à entrada se previa que esta não seria apenas mais uma festa. O público aderiu mesmo ao pedido da organização e a magia já se fazia espalhar: desde os fatos de astronauta passando por roupas mais brilhantes e cores espampanantes, quase todos se destacavam na sala que começava a encher.

A música ficou a cargo de Audiopath (co-fundador da Shift Imprint), Robert Drewek DJ AlTechno, eletrónica, house disco são apenas uma amostra da boa música que se pôde desfrutar noite adentro. O espaço foi ainda completado por projeções nas paredes de imagens alusivas ao Espaço e excertos de Anime. O recurso ao vinil contrabalançava o ambiente futurista com um estilo retro.

No palco, para além dos DJ’s, brilharam drag queens e autênticxs dançarinxs. Destacam-se os momentos em que a plateia delirou com algumas coreografias de vogue dance.

A música guiou o público de “astronautas” até altas horas na madrugada, com a promessa de que a Shift Imprint trará um novo fôlego ao contexto musical nacional.