A edição deste ano da Feira do Livro do Funchal realiza-se entre os dias 13 e 22 de maio, e contará com a presença de 50 escritores e a habitual vasta programação cultural. As principais presenças nesta Feira serão de José Rodrigues dos Santos e António Tavares, vencedor do prémio Leya 2015. O anúncio foi feito pelo Presidente da Câmara do Funchal, Paulo Cafôfo na passada terça-feira, dia 26.

A Feira do Livro do Funchal é um evento realizado desde 1974 que, inspirado nas Feiras das principais cidades do país, tem como objetivo fomentar o gosto pela literatura e divulgar obras literárias a preços acessíveis. A 42.ª edição irá contar com 28 stands de venda de livros das mais diversas editoras, de entre elas, cinco novas editoras, conferências, lançamentos de livros, concertos e exposições.

A Feira terá lugar na placa central da Avenida Arriaga e ao todo serão 50 escritores convidados, 40 deles madeirenses. Em declarações à Lusa, o autarca Paulo Cafôfo destacou dos escritores presentes nomes como António Tavares (prémio Leya de 2015), António TorradoHelena Marques, Tiago Rebelo, Paulo Salvador, Luísa Castel Branco e José Rodrigues dos Santos.

Foram ainda anunciadas dez conversas que o público poderá ter com os diversos escritores, num palco instalado no recinto da Feira. Paulo Cafôfo revelou ainda à Lusa que se irá realizar sete lançamentos inéditos, considerando “significativo” que o evento sirva para lançar novidades, como Cânticos, Anjos e Labirintos, do falecido José António Gonçalves.

Mas não será apenas a literatura a ter lugar na Feira. Também haverá espaço para outras vertentes da cultura: serão garantidos momentos musicais pelos Casados de Fresco e por diversos grupos madeirenses. O cinema também estará presente, estando já marcado o visionamento de seis filmes em sessões matiné, e pelo Monstra à Solta, uma expansão do festival de animação de Lisboa.

As expectativas são elevadas, não só pela programação cultural, como pelo número de escritores que irão participar, pela sua notoriedade, bem como pela série de eventos programados“, declarou ainda Paulo Cafôfo à Lusa.

A Feira estará aberta ao público todos os dias das 11h às 20h, exceto à sexta e ao sábado, em que fecha às 23h.