Destaque 600x600

Leya celebra Dia Mundial do Livro nos transportes de Lisboa

As estações de metro e barco, em Lisboa, vão receber contadores de histórias, declamadores de poemas e mascotes de livros infantis para celebrar o Dia Mundial do Livro. A iniciativa promovida pela editora LeYa, em parceria com a Carris, o Metropolitano de Lisboa e a Transtejo, pretende fomentar a cultura junto dos utilizadores.

Leya mais, viaje mais” – é este o mote da ação que vai invadir os transportes públicos. No próximo sábado, 23 de abril, às 9h30 estará um contador de histórias na estação de metro do Cais do Sodré, e a partir das 15h00, no barco que liga Cais Sodré a Cacilhas. Em comunicado de imprensa, a editora adianta também que nas estações de Metro e da Transtejo estarão várias mascotes de personagens da literatura infantil e juvenil como a Bruxa Cartuxa,  o Vampiro Valentim, e o Ruca.

Para que os utilizadores de transportes possam desfrutar da leitura de livros durante a sua viagem, também no dia 26 de abril, terça-feira, haverá declamações de poemas e estarão presentes contadores de histórias no metro, entre as estações de São Sebastião e do Terreiro do Paço, às 16h30. Às 16h50 o mesmo se irá passar na travessia de barco entre o Terreiro do Paço e o Barreiro.

O Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor celebra-se a 23 de abril desde 1995, por decisão da UNESCO. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, já que é dia que se assinala a morte de dois nomes incontornáveis da cultura mundial – William Shakespeare e Miguel Cervantes.