Bones

Bones 11×11: dois meses depois, Hodgins sai do hospital

Desde dezembro que não víamos o grande elenco de Bones, mas, felizmente, a série está de volta e pronta para terminar a sua décima primeira temporada em grande. O novo episódio, intitulado The Death in the Defense, estreou no canal FOX no dia 14 de abril. Em Portugal, a série Ossos é exibida nessa mesma estação.

Dois meses mais tarde, Hodgins (T.J. Thyne) tem alta do hospital e começa a terapia física para a sua recuperação. A situação é mais complicada do que parece, já que parece estar também a agitar a sua relação com Angela (Michaela Conlin). Enquanto isso, a restante equipa do Instituto Jeffersonian depara-se com um novo caso.

A vítima é Drea Torres, uma advogada que foi encontrada morta pouco depois de ter perdido um caso que ela jurava a pés juntos que ia ganhar. Na noite da derrota, Drea embebedou-se, envolvendo-se numa guerra com uma colega e acabou a noite com um DJ que lhe forneceu cocaína. Esta advogada claramente não lida bem com a derrota.Bones

Enquanto isso, Hodgins, contra a vontade de Angela, regressa ao laboratório para ajudar no caso – o qual conta também com a presença do estagiário Wendell (Michael Grant Terry) e da nossa adorada Caroline (Patricia Belcher). Hodgins prova rapidamente que os seus conhecimentos são fulcrais para a resolução do caso e a equipa aceita reticentemente que ele fique.

O dito DJ – de nome Chad – apresenta um álibi sólido para a noite do homicídio, mas o patrão de Drea – chamado Alex Pollock – não. Aparentemente, o contentor perto da sua casa apresenta vestígios do sangue de Drea e é consistente com as feridas da vítima. Ainda assim, Pollock é também um advogado, o que significa que ele sabe como despistar a equipa e impedir que arranjem um mandato de busca.

De volta ao laboratório, Saroyan (Tamara Taylor) começa a temer pela saúde de Hodgins e manda-o de volta para casa. Claro que ele não é pessoa de aceitar um “não” como resposta e começa a trabalhar a partir de casa. E rapidamente percebemos o porquê.

Bones

Hodgins confessa a Angela que sem o seu trabalho se sente inútil e não consegue ser o homem pelo qual ela se apaixonou. Isto mexeu com o meu coração por ser tão característico de Hodgins: mesmo no meio da sua complicada recuperação, ele põe os sentimentos da esposa em primeiro lugar.

Pollock acha-se inteligente, mas claramente ele não conhece as habilidades de Brennan (Emily Deschanel) e Booth (David Boreanaz). Nos ossos da vítima, Brennan descobre partículas consistentes com uma garrafa de vinho que Pollock tinha em sua posse. O advogado finalmente confessa que atacou Drea após esta ter recusado o seu amor por ela, matando-o. O culpado vai preso e o caso fica arrumado.

Hodgins foi a grande estrela do episódio de Bones e eu não podia ter ficado mais contente. Nesta série, muitas vezes o protagonismo recai sobre Brennan e Booth e todos os outros parecem tornar-se apenas meros assistentes.

A série sempre teve sucesso por criar casos originais e, ao mesmo tempo, desenvolver os seus protagonistas numa perspectiva humana, balançando as suas vidas pessoais e profissionais. Agora que sabemos que a próxima temporada será a última para Bones, é a desculpa perfeita para testar estas personagens e dar-lhes o final feliz que elas tanto merecem.

NOTA: 8/10

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Woody Allen
HBO recusa remover os filmes de Woody Allen da plataforma