Nashville

Nashville 4×15: Rayna e Juliette voltam ao palco

Esta semana, Nashville pôs os seus artistas à prova e toda a gente está preocupada com as suas carreiras. As nossas protagonistas femininas são as primeiras a pôr mãos à obra. O novo episódio, intitulado When There’s a Fire in Your Heart, estreou no canal ABC no dia 13 de abril.

Juliette (Hayden Panettiere) confessa que está ansiosa por voltar ao trabalho mas não sabe bem como. Primeira ordem de negócios: tentar conquistar de volta o seu manager Glenn (Ed Amatrudo). Acontece que este está demasiado magoado e não quer ver Juliette à sua frente, pelo menos por enquanto. Mas já lá vamos.

Rayna (Connie Britton), por seu turno, começa a sentir que tem andado a trabalhar demasiado para outros artistas, ficando conhecida como uma mulher de negócios e não se focando o suficiente na sua carreira enquanto cantora. Para tal, decide organizar uma digressão em conjunto com Layla (Aubrey Peebles).Nashville

Scarlett (Clare Bowen) e Gunnar (Sam Palladio) preparam-se para começar a digressão como ato de abertura de Autumn Chase (Alicia Witt), mas depressa descobrem que a artista não é o que parece ser: despede colaboradores sem causa justa, intromete-se nas suas vidas pessoais e expõe-nas perante toda a equipa. Ainda assim, de modo a proteger os seus lugares, Scarlett e Gunnar decidem manter a cabeça erguida e dar um espetáculo como só eles sabem.

Will (Chris Carmack) também está de volta ao trabalho e, para sua grande surpresa, vê-se obrigado a trabalhar com o seu ex-namorado Kevin (Kyle Dean Massey). Embora Kevin já tenha seguido em frente e arranjado um novo parceiro, Will pede desculpa pelo sucedido, dizendo que a relação era algo novo e estranho para ele. Ambos confessam que se amaram verdadeiramente no passado, reacendendo a esperança de que poderão voltar a juntar-se em breve. Eu, em nome de toda a gente, agradeço.Nashville

Layla dirige-se a Luke (Will Chase), dizendo que está perdida e achando que ele é a única esperança para que ela possa endireitar a sua vida. Com o desaparecimento de Riff (Steve Kazee), Luke decide então juntar Layla à sua digressão, arruinando os planos de Rayna. Depois de quatro temporadas, Layla continua uma choramingas que nunca sabe quando e como fazer a coisa certa. Enfim.

Maddie (Lennon Stella) continua a escrever músicas com Cash (Jessy Schram) e esta incentiva a jovem a divulgar o seu trabalho, levando-a a um bar onde ela possa atuar. O problema é que Deacon (Charles Esten) não sabe do sucedido e pensa que Maddie apenas vai a um café ver um concerto de Cash. Felizmente, Daphne (Maisie Stella) apercebe-se e decide contar a verdade. Daphne continua a ser a voz da razão no meio de tudo isto, mas dá-me pena ver uma jovem talentosa com um papel tão insignificante.

Maddie finge ter 21 anos para entrar no bar e começa a tocar, agradando um pouco demais a imensos rapazes. Deacon aparece em cena, mesmo a tempo de ver um rapaz a assediar Maddie no palco. Interrompe assim o concerto e arrasta Maddie para fora do bar, ao mesmo tempo que Cash insiste que continuará a apoiar o talento da jovem.Nashville

Façamos aqui uma pausa. Lennon Stella é uma das mais talentosas atrizes da série e os criadores parecem estar a fazer os possíveis e os impossíveis para criar uma adolescente altamente irritante e detestável. Quanto a Cash, os seus motivos são questionáveis e ela parece ser ainda mais imatura do que Maddie. Esta dupla precisa de se separar o mais depressa possível.

Com a ajuda de Avery (Jonathan Jackson), Juliette dá um concerto em honra de Glenn, ganhando de volta a sua lealdade e o seu serviço enquanto manager. Rayna, por seu turno, decide seguir a sua digressão sozinha, começando, nada mais nada menos, um dueto magnífico ao lado de Autumn Chase.

O regresso de Hayden Panettiere a Nashville veio claramente aumentar a qualidade desta temporada, porque de repente parece que todas as personagens estão minimamente felizes e com algo realmente importante por fazer. Embora a série esteja em risco de ser cancelada, se continuar assim, terá certamente um final em grande.

NOTA: 8/10

Mais Artigos
o preço certo
‘O Preço Certo’. Qual é o segredo para a vida eterna?