142122_1071_FULL

Nashville 4×14: Juliette está de volta!

Esta semana, assistimos ao tão aguardado regresso de Hayden Panettiere a Nashville, no que foi provavelmente um dos melhores episódios desta temporada até agora. O novo episódio, intitulado What I Cannot Change, estreou no canal ABC no dia 6 de abril.

Na clínica de reabilitação, após se despedir da sua filha, Juliette (Panettiere) recebe a boa notícia de que pode voltar para casa. Mas pelos vistos uma boa notícia nunca vem só: Steven Spielberg quer Juliette como parte do elenco para o seu novo filme. A artista fica claramente dividida, já que é uma ótima oportunidade, mas agora que está de volta a casa é seu dever focar-se no tempo que perdeu com a filha.

Rayna (Connie Britton) continua a investigar o desaparecimento de Vita (Jeananne Goossen), apercebendo-se de que a polícia faz pouco ou nada relativamente ao caso. Enquanto isso, as tensões entre Deacon (Charles Esten) e Frankie (Mark Collie) aumentam, à medida que este último retoma os seus velhos hábitos enquanto alcoólico.142122_0711_FULL

Numa reunião dos Alcoólicos Anónimos, Frankie celebra o seu 15.º aniversário de sobriedade, na presença da sua filha Kash (Jessy Schram). No entanto, quando aparece completamente embriagado durante um espetáculo no bar The Beverly, Kash e Deacon apercebem-se da mentira e tentam ajudá-lo. Frankie decide então largar a bebida e começar do zero. Uma cena pouco interessante mas ao menos serviu para ver Kash afastada de Maddie (Lennon Stella) pela primeira vez.

Layla (Aubrey Peebles) prepara-se para o lançamento do seu novo álbum, numa festa que conta com a presença de Autumn Chase. A famosa estrela de música country está à procura de alguém para abrir os espetáculos na sua nova digressão, portanto esta pode ser uma grande oportunidade para Layla.142122_0565_FULL

Colt (Keean Johnson) conta ao seu pai, Luke (Will Chase), que quer enveredar pela vida militar. Após umas quantas discussões atribuladas, Luke decide conceder autorização ao filho. Colt está cada vez mais mimado e imaturo, e espero que esta ida para a tropa seja uma desculpa para ele sair finalmente da série.

Juliette reencontra-se com Avery (Jonathan Jackson) e ambos discutem a questão da custódia da filha. Avery apercebe-se que Juliette está uma mulher mudada mas, ainda assim, mostra-se hesitante. Após aceitar o papel no dito filme, Juliette marca presença numa conferência de imprensa. Quando é confrontada com perguntas acerca da sua vida pessoal, a artista conta a verdade acerca da sua depressão pós-parto e do seu internamento, decidindo então saltar borda fora do filme para se focar na sua família.

No bar The Bluebird, Scarlett (Clare Bowen) e Gunnar (Sam Palladio) aproveitam o seu sucesso crescente e atuam em palco, acontecendo algo que eles não esperavam: Autumn decide escolhê-los a eles, ao invés de Layla, para se juntarem na sua digressão.142122_0601_FULL

Do outro lado da cidade, Luke contacta Will (Chris Carmack) e decide pedir-lhe desculpa relativamente à sua atitude discriminatória por Will ser gay, aceitando-o de volta na editora. Finalmente Will terá alguma ocupação, a vida dele tem avançado a passo de caracol. No final do episódio, Avery decide ceder Cadence a Juliette, agradecendo-lhe por não ter embarcado no filme e apreciando o seu esforço para recompor a família.

Esta semana, Nashville decidiu fazer uma folga nos seus dramas infinitos e foi a primeira vez em muito tempo que os protagonistas tiveram alguns momentos de felicidade. Scarlett e Gunnar estão prontos para uma nova digressão, Will está de volta ao trabalho e Juliette teve um regresso tão bom quanto aquele que estávamos à espera. Resta rezar para que o assunto de Cadence seja apenas o primeiro passo para que Juliette e Avery consigam ultrapassar as mágoas do passado e voltem a ser o casal que todos adoramos.

NOTA: 9/10

Mais Artigos
Greenland foi o filme mais visto nos cinemas na semana de estreia. O filme destronou Tenet. Os dados são referentes à última semana de setembro.
‘Greenland’ continua a liderar enquanto cinemas perdem espectadores