Shameless

Shameless 6×12: Fiona ata finalmente o nó… ou não

Shameless concluiu a sua sexta temporada com o tão aguardado dia do casamento entre Fiona (Emmy Rossum) e Sean (Dermot Mulroney), mas, como já é habitual nesta série, as coisas não correm bem como planeado. O novo episódio, intitulado Familia Supra Gallegorious Omnia!, estreou no canal Showtime no dia 3 de abril. Em Portugal, a série No Limite é exibida na FOX.

Comecemos pelas partes menos relevantes do episódio – mas não menos divertidas. Na vizinhança, Kevin (Steve Howey), Veronica (Shanola Hampton) e Svetlana (Isidora Goreshter) parecem ter apostado a sério numa relação a três: já dormem juntos, comem juntos, fazem tudo juntos. E parece estar a resultar às mil maravilhas. Agradeço ao Kevin por ser tão liberal porque isto é das melhores coisas que já aconteceu na série.

Carl (Ethan Cutkosky) continua a tentar impressionar o pai da sua namorada Dominique (Jaylen Barron). O homem já deixou bem claro que não gosta dele, achando que Carl só quer Dominique para propósitos sexuais. Ainda assim, o sentimento é verdadeiro e Carl está disposto a apostar na relação. É tão bom ver Carl a endireitar a sua vida, à medida que a prestação de Cutkosky enquanto ator melhora de dia para dia.Shameless

Ian (Cameron Monaghan) começa à procura de emprego por todo o lado, inclusive na discoteca gay onde costumava fazer strip. Ainda assim, incentivado pelo seu namorado Caleb (Jeff Pierre), regressa ao quartel dos bombeiros de modo a reclamar o seu posto de volta. Após fazer um discurso bonitinho em defesa das doenças mentais, a magia acontece e ele é aceite de volta no quartel. Muito bem! Adiante.

Oxalá o resto do elenco estivesse a endireitar as suas vidas de igual forma. Lip (Jeremy Allen White) acorda na prisão e, surpreendentemente, é o professor Youens (Alan Rosenberg) que lhe paga a conta para sair. Neste momento, Youens já pode ser considerado um santo, porque Lip já fez tanta porcaria e, ainda assim, o professor continua do lado dele.Shameless

Youens explica que Lip tem claramente um problema de alcoolismo e deveria considerar ir para reabilitação. Quando as pessoas no bar Alibi se apercebem que Lip foi expulso e o criticam por desperdiçar o seu potencial, o rapaz decide dar a volta à sua vida e aceita efetivamente ir para um clínica – a qualquer também é paga pelo professor Youens. Ainda estou à espera de encontrar um professor assim na universidade.

Debbie (Emma Kenney) continua na sua eterna luta para ser uma boa mãe. Depois de anunciar que não estará presente no casamento de Fiona – acho que nesta altura já se torna ridículo continuar com a birra -, leva a filha recém-nascida ao pediatra para ver se está tudo bem. A bebé parece estar óptima, apenas com uma infeção inofensiva, mas a médica está mais preocupada com o estado de Debbie: não dorme, não estuda, não recebe qualquer ajuda. Sejamos sinceros, a culpa de tudo isto é exclusivamente dela. Esperemos que seja um chamada de atenção para Debbie abrir finalmente os olhos.Shameless

Frank (William H. Macy) continua a sua vingança em relação a Sean, inclusivamente assaltando a casa dos Gallagher e roubando-lhe dinheiro. Após o seu cúmplice, Bruno, desistir da tarefa do homicídio e ficar com o dinheiro, Frank tem de tomar medidas pelas suas próprias mãos. Parece que o pai nunca mais aprende.

O dia do casamento chegou e parece estar tudo a correr às mil maravilhas, até Frank aparecer para arruinar a cena. Aparentemente, na noite anterior, Frank assaltou o escritório de Sean e descobriu o seu segredo: uma caixa com agulhas, pós e tudo o resto relacionado com droga. Pelos vistos, Sean continua a drogar-se todos os dias e não largou o vício como havia dito.Shameless

O casamento está oficialmente arruinado. No exterior, Sean diz que a sua prioridade agora é manter a custódia do seu filho, à medida que sai de cena e deixa Fiona sozinha. O episódio termina com os restantes membros do elenco – Kevin, Fiona, Lip, Ian, Debbie, Svetlana, Carl e Caleb – a pegar em Frank e atirá-lo de uma ponte para o rio. Depois de toda a confusão que Frank tem causado, apenas rezo para que ele fique eternamente no fundo do rio.

Pusemos a carroça à frente dos bóis ao acreditar que Fiona teria direito a um final feliz. A questão é que Shameless sempre se baseou em retratar os Gallagher – e respetivos vizinhos e companheiros – como verdadeiramente humanos, com todas as suas qualidades e defeitos. Ultimamente, Frank tem sido retratado como um autêntico vilão, impedindo os restantes de se focarem realmente nos seus próprios caminhos. Isto é algo que não me agrada e espero que seja rapidamente corrigido na próxima temporada.

NOTA: 8/10

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Óscares com maior número de candidaturas desde 1970.
Óscares. Academia com maior número de inscrições desde 1970