The Vampire Diaries

The Vampire Diaries 7×16: uma despedida explosiva

The Vampire Diaries está de volta e estamos agora completamente imersos na linha temporal dos três anos mais tarde, com um dos melhores episódios – e também um dos mais tristes – que a temporada nos ofereceu até agora. O novo episódio, intitulado Days of Future Past, estreou no canal The CW no dia 1 de abril. Em Portugal, os Diários do Vampiro são exibidos no AXN Black.

Pegando nos minutos finais do último episódio, descobrimos agora que Stefan (Paul Wesley) concorda em que a sua marca seja transferida para Damon (Ian Somerhalder). Ainda assim, Stefan consegue libertar-se das cordas que o prendem e escapa com a espada de Rayna (Leslie-Anne Huff), enquanto esta e Damon lutam e acabam a cena inconscientes.

Do outro lado da cidade, na organização The Armory, descobrimos que Nora (Scarlett Byrne) tem estado presa durante os últimos três anos. A responsável pela organização, Alex (Mouzam Makkar), revela que têm estado a fazer experiências em Mary Louise (Teressa Liane), dando-lhe comprimidos com o sangue de Rayna – o qual é venenoso para bruxas. Portanto, o acordo é simples: de modo a salvar a sua amada, Nora tem de encontrar Enzo (Michael Malarkey) e trazê-lo vivo de volta para a organização.

The Vampire Diaries

E onde é que está Enzo, afinal? A organização está convencida que foi Rayna quem o libertou, mas mais tarde descobrimos que foi Matt (Zach Roerig). Tudo isto porque Matt quer vingar-se de Stefan. E porquê? Aparentemente, Stefan foi responsável pela morte da sua namorada, Penny (Ana Nogueira). Como sabemos, Rayna anda atrás de Stefan para o matar, portanto Matt apenas deu um empurrãozinho.

Rayna explica que, como é humana, irá morrer dentro de 60 ou 70 anos. Se Damon possuir a sua marca, também ele morrerá, perdendo a chance de voltar a ter uma vida com Elena (Nina Dobrev) quando esta acordar. Quanto ao outro irmão Salvatore, Rayna diz a Stefan que, apesar de tudo, está do lado dele, pois a sua marca criou uma ligação mística entre ambos. Por momentos pensei que a caçadora se tinha apaixonado pelo vampiro.

Nora finalmente encontra Enzo e ambos lutam antes de Nora explicar a fatalidade dos comprimidos. É então que Enzo concorda em ajudá-la. Juntos, regressam à organização e acabam por descobrir que não há qualquer antídoto para os comprimidos. O que significa que Mary Louise tem os dias contados. Foi aqui que o meu coração começou a despedaçar-se lentamente.The Vampire Diaries

A eterna questão entre os irmãos mantém-se. Damon diz que não sabe se está pronto para ser o irmão que Stefan precisa que ele seja. Rayna explica que, para ser feliz, Stefan precisa de se livrar de Damon. Quando a caçadora e o vampiro finalmente se encontram e a vida de Stefan fica em perigo, Damon pede a Valerie (Elizabeth Blackmore) para realizar o feitiço de transferência. Mas é tarde demais. Rayna cumpre o seu propósito e espeta a espada em Stefan, enviando-o de volta para a Pedra Fénix.

Claro que as coisas não se ficam por aqui. Nora e Mary Louise estão no carro e Rayna atira-lhes a espada, raspando o braço de Nora e marcando-a. O que significa que também esta tem os dias contados. O que é que o casal decide fazer? Unir as últimas forças que lhe restam e destruir a espada e a Pedra Fénix. À medida que Mary Louise realiza a magia e Nora recita o poema favorito das duas (The Passionate Shepherd To His Love, de Christopher Marlowe), as raparigas despedem-se com um último “Amo-te” e o carro explode.

Damon e Valerie percebem que o feitiço de transferência não resultou e rapidamente descobrem porquê. Encontram o corpo de Stefan e ficamos sem perceber se este está realmente morto ou não. Enquanto isso, Rayna grita em agonia ao ver o carro em chamas, apercebendo-se que as suas preciosas espada e Pedra foram desta para melhor.

The Vampire Diaries

Eu nunca pensei que um episódio onde Bonnie (Kat Graham) e Caroline (Candice King) não estivessem presentes fosse um bom episódio, mas claramente enganei-me. Embora o eterno drama entre Stefan e Damon esteja a ficar gasto, a dinâmica com Rayna deu ao episódio um ritmo acelerado e cativante. A morte de Nora e Mary Louise partiu-me o coração e foi, ao mesmo tempo, frustrante e gratificante.

Tem havido comentários negativos por parte dos fãs de que várias séries, ultimamente, têm eliminado as suas personagens LGBT. Embora, de fato, eu gostasse de ver Nora e Mary Louise em The Vampire Diaries durante mais tempo – tendo em conta as suas personagens não foram propriamente desenvolvidas -, esta foi a maneira perfeita de ambas se retirarem. Morreram juntas e conseguiram causar mais danos em Rayna em dois minutos do que muitos outros durante uma temporada inteira.

NOTA: 9/10

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Jared Leto comenta regresso ao papel de Joker