Lisboa vs Porto

Lisboa vs Porto: Museus

Um museu é sinónimo de história. Nele encontra-se o legado de um passado longínquo e um marco importante da história da cidade onde está situado. Neste Lisboa vs Porto trazemos até ti uma sugestão de museus que podes visitar em ambas as cidades.

A Primavera chegou; no entanto, o tempo ora traz consigo os raios de sol, ora as típicas chuvas de abril. Contudo, tal não de impede de dares um saltinho a um museu de modo a explorares um pouco de história. Se és de Lisboa ou do Porto os museus são variados e permitir-te-ão conheceres um pouco da história das cidades em que se situam.

Lisboa

Museu Nacional de Arte Antiga

Museu_Nacional_de_Arte_Antiga2075

O Museu Nacional de Arte Antiga foi inaugurado em 1884 e nele podes encontrar um conjunto de pinturas, esculturas, peças de ourivesaria e artes decorativas da Europa, África e Ásia, desde a Idade Média até ao início da Contemporaneidade.

No seu acervo, o Museu tem obras de grande destaque internacional e, no total, é o museu com mais obras classificadas pelo Estado como “tesouros nacionais”. Neste museu poderás ver, por exemplo, o tríptico As tentações de Santo Antão de Hieronymus Bosch.

O Museu situa-se na Rua das Janelas Verdes, num palácio mandado construir pelo conde do Alvor, vice-Rei da Índia, nos finais do séc. XVII. O bilhete custa 6€, mas tens desconto de 50% se tiveres cartão de estudante ou cartão jovem.

A entrada no Museu é grátis no primeiro domingo de cada mês.

Museu Coleção Berardo

Situado no CCB e com vista para o rio Tejo, o Museu Coleção Berardo foi inaugurado em 2007, tornando-se desde então um espaço de referência na arte moderna e contemporânea. Aqui podes encontrar obras dos mais variados artistas que marcaram a arte do último século, desde Marcel Duchamp, Henry Moore, Paula Rego, Max Bill, Pedro Cabrita Reis ou Joana Vasconcelos.

O museu conta não só com a mostra permanente da coleção Berardo, bem como com exposições temporárias, que dão conta da riqueza histórica, cultural e técnica das obras dos principais movimentos artísticos dos séculos XX e XXI.

O colecionador, José Manuel Rodrigues Berardo, tem hoje uma das mais importantes coleções privadas da Europa e procura reunir as obras que acha que outros gostariam de ver. Aberto todos os dias da semana, o museu tem entrada gratuita.

Museu do Oriente

MuseuOriente

Se estiveres por Alcântara podes sempre aproveitar para conhecer o Museu do Oriente. A fundação e o museu do mesmo nome surgiram com o intuito de promover as relações históricas entre Portugal e os países orientais, numa tentativa de encontro entre o ocidente e o oriente.

O museu fica no edifício Pedro Álvares Cabral, ocupando os seus seis pisos, onde podemos encontrar uma mostra permanente de 1400 peças alusivas à presença de Portugal na Ásia, de onde se destacam os biombos chineses e japoneses dos séculos XVII e XVIII uma coleção de peças de porcelana da Companhia das Índias. Outra exposição permanente é a Deuses da Ásia, com mais de 13000 peças dedicadas ao tema.

O museu conta ainda com algumas exposições temporárias, além de um restaurante, aulas de ioga e de Tenchi Tessen. O museu encerra à segunda-feira e a e o preço de entrada varia desde 2€ para as crianças a 6€ para os adultos.

Porto

Museu de Serralves

Fundación_Serralves_o_palacete_de_Miami

O Museu de Arte Contemporânea de Serralves foi inaugurado a 6 de junho de 1999, mas foi dez anos antes que o mesmo começou a ser definido pela Fundação de Serralves. Pelas mãos do arquiteto premiado Álvaro Siza Vieira, o novo espaço começou a ser idealizado em 1991, situando-se na Quinta de Serralves. Cinco anos depois, as obras do museu tiveram início, tendo como Diretor Artístico Vicente Todolí e João Fernandes como Diretor Adjunto.

Com a sua inauguração, o museu teve como primeira exposição o Circa 1968, que tinha como objetivo mostrar as várias criações artísticas numa altura em que Portugal e o resto do mundo passavam por autênticas transformações sociais e políticas. Além disso, a exposição permitiu que o próprio Museu de Serralves mostrasse um grande interesse pelas produções estrangeiras.

O Museu de Serralves é praticamente o museu de arte contemporânea mais importante de Portugal, juntando não só exposições intemporais como também espetáculos de música e dança, programas educativos e sessões públicas. Também o Parque e a Casa de Serralves são pontos obrigatórios a visitar, pois neles também se encontram exposições específicas e obras da Coleção de Serralves.

A Biblioteca e o Auditório são também espaços muito agradáveis no interior do museu. A Biblioteca destaca-se não só pelo seu ambiente sereno como também pela enorme janela, que deixa uma vista sobre o Parque equivalente a uma pintura. Livros sobre arte contemporânea e ensaios e publicações periódicas sobre artes plásticas e performativas são alguns dos tipos de documentos que se poderão consultar neste espaço. O Auditório, por sua vez, foi idealizado para diferentes funções, com vários ciclos temáticos que vão desde apresentações de exposições a mesmo concertos e cinema, entre muitas outras atividades.

Museu Soares dos Reis

Museu_Nacional_de_Soares_dos_Reis,_Porto,_Portugal

Localizado na freguesia de Miragaia, o Museu Nacional de Soares dos Reis foi inaugurado a 11 de abril de 1833, tornando-se no primeiro museu público de arte do país. Contudo, ao início teve o nome de Museu Portuense de Pinturas e Estampas, só mesmo passando a ser chamado Soares dos Reis em 1911, em referência ao primeiro pensionista do Estado em Escultura pela Academia Portuense de Belas Artes: António Soares dos Reis.

O museu está instalado no Palácio das Carrancas, edifício construído no século XVIII, e possui uma vasta coleção de várias expressões artísticas, que vão desde gravuras, cerâmicas, mobiliário, esculturas, entre muitas mais. O espaço está equipado com tudo o que o visitante desejar, tendo à disposição bengaleiro, uma loja, uma cafetaria e ainda um serviço de cadeira de rodas para os visitantes com dificuldades motoras.

Como exposição permanente, é possível ver aos visitantes poderem ver esculturas e pinturas portuguesas do século XIX e da primeira metade do século XX, destacando as obras de António Soares dos Reis e Henrique Pousão. O andar nobre do palácio está decorado com um estilo neoclássico e é onde se poderá ver peças de joelharia, vidros, mobiliário e têxteis dos séculos XVI a XIX, tanto de produção nacional como internacional.

A Biblioteca do museu contém um pedaço significativo da história de Portugal. Os volumes mais predominantes são especializados nas áreas das coleções do museu, história de arte e da cidade do Porto, museologia e museografia. Catálogos de exposições, publicações periódicas, obras de referência, teses académicas e muito mais podem ser também consultadas neste espaço.

Museu do Vinho do Porto

O Museu do Vinho do Porto surgiu nos antigos armazéns da Casa do Cais Novo (que foram construídos no século XVIII) graças à iniciativa da família Pinto da Cunha Saavedra. Originalmente o espaço serviria para o depósito de vinhos da Companhia Geral da Agricultura e Vinhas do Alto Douro; no entanto, o espaço acabou por se tornar num museu dedicado à bebida em causa.

O edifício tem ao seu dispor peças de arqueologia, porcelana, mobiliária, têxteis, vidros e outros objetos que aludem à importância da atividade cultural em torno do Vinho do Porto. O Museu dispõe ainda de vários painéis e postos de multimédia que revelam aos visitantes a história da atividade comercial do vinho, sem deixar de parte a importância da região vinhateira, dos barcos rabelos e da linha férrea do Douro.

O Museu do Vinho do Porto é um sítio a não perder para os amantes do famoso néctar frequentemente associado com a Cidade Invicta. Está aberto todos os dias exceto às segundas e feriados. Nos dias úteis o preço de entrada é de 2,20 euros, tendo 50% de desconto para aqueles que tenham o Cartão Jovem. No entanto, se tiveres oportunidade de ir visitar este espaço ao fim-de-semana a entrada é gratuita.

Texto da autoria das alfacinha Inês Chaíça e Serenela Moreira e dos tripeiros Sara Sampaio e Tiago Costa.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Audiências Cristina ComVida
Audiências. ‘Cristina ComVida’ bate novo mínimo