É ainda com um pezinho no mês do teatro, que destacamos 12 eventos nos palcos portugueses. Abril é o mês em que muitos teatros destacam a dança nas suas programações, devido ao Dia Mundial da Dança, mas nem por isso deixamos de indicar peças de teatro, performance, circo, competições ou stand-up comedy.

No Alvo 

De 6 a 8 de abril | 21h30 | Theatro Circo, Braga| Teatro

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

“O que está em causa é o próprio teatro”, é desta forma que começa a sinopse escrita pelo encenador Rui Madeira. A peça estreada pela Companhia de Teatro de Braga, em 2015, volta ao Theatro Circo envolvida pelos temas do desamor e do abandono. Com texto de Thomas Bernhard, é Sílvia Brito, Solange Sá, Eduarda Pinto e Frederico Bustorff que interpretam uma mãe, uma filha, um escritor dramático e uma criada.

Preço: 10 euros

Nozes a quem não tem dentes

22 de abril | 22h00 | Centro Cultural Vila Flor, Guimarães| Circo Contemporâneo

[vimeo https://vimeo.com/159361990]

Neste espetáculo, o circo é encarado como uma forma de comunicação entre o risco, o corpo e o movimento. Com criação musical da Sonoscopia, o grupo portuense Erva Daninha reflete conceitos como  o livre arbítrio, o poder, o acesso ou a escolha.

Preço: de 5 a 7,50 euros

Portugal Hip-Hop Dance Championship 2016 

De 23 a 25 de abril | Complexo de Ténis da Maia| Dança

12805921_915138628599748_281807240633180023_n

A 3.ª edição do Portugal Hip-Hop Dance Championship quer apurar os grupos para o World Hip Hop Dance Championship, em Las Vegas. Este ano o júri tem nomes como Adrienn Réz, Antonella Sorbello, Benito Deana, Cosma Levi, Jeffrey Roberts e Victoria Barta. Ao mesmo tempo há masterclasses e battles.

Festival Norte Dança 

De 23 a 25 de abril | Exponor, Porto| Dança

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=9jwDLBbq36Q]

Dança Contemporânea, Dança Clássica, Dança Jazz, Street Dance (Hip-Hop, Locking, Popping), Danças populares e Sapateado são os estilos propostos para um evento que tem um concurso, uma mostra, workshops e uma feira. O júri do concurso internacional é composto por nomes como Benvindo da Fonseca, Liliana Mendonça ou Ana Sofia Rodrigues.

Há vários prémios disponíveis, sendo que o de melhor bailarino(a) atinge os 1000 euros e o de melhor grupo tem o valor de 500 euros. Este ano o concurso também será aberto a maiores de 25 anos, através do escalão elite.

Prado de Fundo 

9 e 10 de abril | sábado às 22h e domingo às 18h |mala voadora, Porto | Teatro

12794408_677433932359341_4701811827220152133_n

Foto: Divulgação

O coletivo SillySeason estreia-se no Porto. O Cerejal de Tchekhov é ponto de partida para se colocarem questões sobre a infalibilidade da memória e da documentação no teatro. A fotografia é um dos recursos nesta peça. A criação e interpretação está a cargo de Ana Sampaio e Maia, Cátia Tomé, Ivo Silva, Ricardo Teixeira e Rita Morais.

Limpo e o Sujo 

De 1 a 3 de abril | sexta e sábado às 21h30 e domingo às 18h30 | Teatro Maria Matos, Lisboa| Performance

site990x2506_1456402225

A nova criação da coreógrafa Vera Mantero explora o tema da sustentabilidade, mas na interioridade de cada um. A ideia é que a partir de cada um de nós exista uma transformação no mundo. Esta abordagem já tinha sido iniciada noutros contextos, como em 2014, quando a coreógrafa organizou Mais Pra Menos Que Pra Mais, onde fez conferências e construiu hortas urbanas.

Preço: de 6 a 12 euros

Romeu e Julieta 

De 29 de abril a 30 de maio | quinta, sexta e sábado às 21h e domingo às 16h | Teatro Camões, Lisboa| Dança

12794557_10153322914596555_2066625572858135790_n

Com coreografia de Rui Horta, os bailarinos da Companhia Nacional de Bailado juntam-se a Pedro Gil e Carla GalvãoBruno Pernadas e Ensemble nesta obra intemporal de Shakespeare. A proposta de Rui Horta é: “Um exercício multidisciplinar entre a dança, o teatro, a música ao vivo, a arquitetura de cena e um tema, esse sim, imortal.” A peça estreia no Dia Mundial da Dança.

Preço: de 5 a 30 euros

Jardim Zoológico de Vidro 

De 27 de abril a 4 de junho | terça e quarta às 19h; quinta e sexta às 21h;  sábado às 16h e às 21h | Teatro da Politécnica, Lisboa| Teatro

imgnw-2671-1

Foto: Facebook

Primeiro A Gata em Telhado de Zinco Quente, depois Doce Pássaro da Juventude e agora Jorge de Silva Melo encena Jardim Zoológico de Vidro. Sobre o texto de Tennessee Williams, o encenador escreveu: “Derrotados, sim, abandonas, sem hipótese, deixados para trás, com a electricidade cortada e contas por pagar, vencidos: mas estes são os invencíveis, esses sonhadores que Tennessee Williams cantou.” Em palco vão estar Isabel Munoz CardosoJoão Pedro Mamede, José MataVânia Rodrigues.

Preço: de 6 a 10 euros

Disconnect

De 15 a 17 de abril | sexta e sábado às 21h30 e domingo às 16h |Cineteatro Municipal D. João V, Damaia| Dança

12764858_1124160654294669_2290229425296480903_o

Daniel Cardoso volta a coreografar, desta vez sobre identidades, a genuinidade e sobre as imposições que sofremos em sociedade. “Varrem-se as personalidades,  transmutam-se  para  a  sobrevivência. A duplicidade, a dissimulação, a absorção de uma identidade, de várias identidades, são o espelho que reflete o conveniente a uma multidão solitária que se alimenta de si própria”, pode ler-se em sinopse da companhia de dança contemporânea.

Preço: 10 euros

Ciclo de Teatro Espanhol 

De 2 a 9 de abril | Teatro Garcia de Resende, Évora| Teatro

GarciaResendepagcm

Foto: Câmara Municipal de Évora

A partilha de teatro português e espanhol volta a Évora pelo Circuito Ibérico de Artes Cénicas, onde estão envolvidas cinco companhias de teatro portuguesas e quatro espanholas. O Teatro Guirigai, o Karlik Danza Teatro ou o Tranvía Teatro são algumas das presenças deste ano.

Festival de Flamenco de Faro

De 29 a 30 de abril | Teatro das Figuras, Faro| Dança

imgLoader2

Foto: Divulgação

Pela 12.ª vez, Faro recebe o Festival de Flamenco. Este ano estarão presentes Alicia Márquez e Rámon Martínez, que estão encarregues de leccionar um workshop de tangos e são protagonistas do espetáculo Bailarte Flamenco.

Preço: workshop – 25 euros

             espetáculo – 12 euros

Comemorações dos 100 anos do Edifício do Teatro Faialense

De 6 de abril de 2016 a 6 de abril de 2017 | Teatro Faialense, Horta, Açores| Teatro

20163711212

As comemorações duram um ano para um teatro com 100 anos. Desde grupos corais, companhias de teatro, de stand-up comedy, dança ou jazz, vão passar pelo programa de comemorações: o Chapitô, o Teatro de Giz ou Luís Filipe Borges, Marco Horácio e António Raminhos.