Fotografia: bomdia.eu

Seleção Nacional não chega para RTP1 ultrapassar a SIC

A transmissão do amigável entre Portugal e Bulgária levou a RTP1 ao segundo lugar nos totais diários provisórios, no entanto, a SIC, que alterou a sua programação para este feriado, acabou por ultrapassar a estação pública quando contabilizadas as gravações.

No share do dia a TVI manteve a pole position com 21,0% de quota de mercado (+0,7 pontos percentuais que nos valores Live), seguida de longe pela RTP1, que registou 16,9% (+0,2 p.p). A SIC ficou com 17,3 (+ 1,1 p.p). A RTP2 baixou a mínimos e ficou com 1,2%, descendo para o lugar de 12.º canal mais visto do dia.

Hollywood (2,2%), CMTV (2), Fox (1,9), Disney Channel (1,9), Cartoon Network Portugal (1,8), SIC Notícias (1,7),  TVI24 (1,5) e Panda (1,5) superaram o segundo canal.

Derrota da Seleção Nacional quebra audiências

O jogo da Seleção Nacional foi o programa mais visto do dia, com 16,6% de audiência média e 33,2% de share. No entanto, a vantagem da Bulgária por 1-0, ainda consumada durante a primeira parte, refriou os ânimos dos telespectadores. Dos mais de dois milhões que estavam a sintonizar o canal público às 21h30, só cerca de metade regressaria para o início da segunda parte.

Dados Gfk/CAEM obtidos através do 'E-Telereport' da Marktest
Dados Gfk/CAEM obtidos através do ‘E-Telereport’ da Marktest

As novelas A Única Mulher e Coração d’Ouro foram as mais prejudicadas pelo futebol, tendo registado os valores mínimos da temporada. A novela da TVI ficou com 12,9% de audiência média e 25,1% de share, a da SIC registou resultados ainda piores – 11,0% de audiência média e 21,5% de share.

Estes dados incluem as audiências Live e também das gravações visualizadas no próprio dia.

(Atualizado às 16h27 de 27/03, incluindo os resultados diários com gravações, que permitem à SIC ultrapassar a RTP1 nos totais diários.)

 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Maria Flor Pedroso (RTP) no Parlamento. Caso Sextas às 9.
Sexta às 9. ERC diz que não houve “pressões políticas” e recomenda clarificar “linha hierárquica” na RTP