ew-1396-jones-cover-2_612x380_0

O regresso de Bridget Jones aos cinemas já tem trailer

Doze anos decorridos desde a última vez que a vimos, eis que Bridget Jones, a mulher mais desastrada de Inglaterra, regressa ao grande ecrã para uma terceira incursão na sua saga de desventuras amorosas. E desta vez, traz companhia. Como nos conta o trailer de Bridget Jones’s Baby, lançado esta semana, Bridget (Reneé Zellweger) está grávida, e a questão fundamental do enredo vai prender-se com a dúvida de quem é, afinal, o pai da criança.


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=5R2gIC8oq2Q]
A boa-nova é surpreendente, principalmente se considerarmos que em 2004 (Bridget Jones: The Edge of Reason) deixámos Bridget com um bouquet de flores na mão e uma promessa de casamento no horizonte. A relação de Bridget com Mark Darcy (Colin Firth) parece mais uma vez não resistir às adversidades e a protagonista, vivendo agora um momento positivo em termos profissionais, dá por si novamente de coração dividido. Contudo, desta vez não é o charmoso Daniel Cleaver (Hugh Grant) a competir com Darcy pelas atenções da protagonista, mas sim o não menos encantador Mark Qwant, num regresso inesperado de Patrick Dempsey às luzes da ribalta, depois de ter dito o ‘adeus’ definitivo ao Dr. Dereck Sheperd, em Anatomia de Grey. Foi a ausência inesperada de Hugh Grant do elenco – alegadamente, o actor não terá ficado convencido pelo argumento – que obrigou a substituir Cleaver por um interesse amoroso alternativo.

Desta feita, os romances não são, pela primeira vez, a principal fonte de inspiração do filme e a história tomará lugar algures entre o segundo e o terceiro livro. Com argumento original de Helen Fielding (autora dos romances) e David Nicholls e o regresso à realização de Sharon Maguire, o desfecho final da narrativa está envolto no maior secretismo, sendo que foram filmados três finais alternativos e até o próprio elenco permaneceu na ignorância relativamente à paternidade do bebé durante parte das filmagens.

Ao trio de protagonistas junta-se ainda Jim Broadbent, Gema Jones (de volta como pais de Bridget), Celia Imrie, James Callis, Emma Thompson (que também contribuiu para a o argumento) e até mesmo o cantor Ed Sheeran, numa participação especial que promete arrancar algumas gargalhadas.

A Universal Pictures trará o filme às salas de cinema dos dois lados do Atlântico a 22 de setembro deste ano.

 

Mais Artigos
Amazon e a Juventus juntam-se num novo documentário.
Juventus terá documentário original na Amazon Prime Video