O Dia Mundial do Teatro está a aproximar-se e merece ser celebrado. Criado em 1961 pelo Instituto Internacional do teatro da UNESCO, o dia dedicado ao Teatro celebra a origem da arte milenar e a sua importância para a sociedade, seja através da tragédia ou da comédia. Se não sabes onde comemorar a arte da representação, o Espalha-Factos dá-te algumas sugestões de programas culturais que vão estar um pouco por todo o país.

Norte

Pelo segundo ano consecutivo, o Teatro Nacional São João (TNSJ), no Porto, alarga os festejos a uma semana de celebração. A Semana Mundial do Teatro arranca no dia 23 com a estreia absoluta de Beijo, e que estará em palco até dia 27, com encenação e cenografia de Jorge Pinto. O preço dos bilhetes é de 10 euros.

beijo

O Beijo no TNSJ. Foto: Divulgação

Também no TNSJ, de dia 24 a dia 27 de março, é possível assistir a Águas Profundas + Terminal de Aeroporto, de Nuno M. Cardoso. Situadas nas imediações de um aeroporto, as duas peças tratam o amor e a perda de formas diferentes. Os bilhetes custam entre 7,50 euros e 16 euros.

Durante as comemorações pelo Dia Mundial do Teatro, o TNSJ promove ainda uma visita guiada e com entrada gratuita.

Centro

A Junta de Freguesia de Carnide preparou uma programação especial dedicada a este dia. Além de uma exposição inteiramente dedicada ao teatro, que podes ver entre dia 25 de março e de 3 a 7 de abril, no Centro Cultural de Carnide (Lisboa), foram preparados outros eventos. O ponto alto das comemorações é a homenagem a Fernanda Lapa, que completou 50 anos de carreira recentemente. Além de atriz e encenadora, Fernanda Lapa é também diretora artística da Escola de Mulheres que perfaz este ano duas décadas de atividade.

Ainda em Lisboa, o Teatro Nacional D. Maria II propõe um conjunto de três espetáculos. Às 11h, podes entrar n’A Visita Escocesaàs 16h30, assistir à peça Judite e, às 19h, ver Três dedos abaixo do joelho. E, claro, tudo isto é de entrada livre durante este dia.

Foto: Teatro Nacional D. Maria II

Foto: Teatro Nacional D. Maria II

No dia 27, domingo, o Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada, abre as portas para um ensaio aberto da peça Frei Luís de Sousa, a próxima criação da Companhia de Teatro de Almada. Esta é encenada por Rogério de Carvalho e estará em exibição entre 1 e 30 de abril.

No mesmo dia, os espetadores são convidados a assistir gratuitamente ao lançamento da 2.ª edição da coleção O sentido dos mestres, do encenador alemão Peter Stein, e ao espetáculo Onde o frio se demora, de Ana Cristina Reis, com encenação de Luísa Pinto.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Centro Cultural Regional de Santarém irá comemorar o Dia Mundial do Teatro em duas fases. A primeira parte irá consistir num teatro para a infância, onde serão as crianças a contar uma viagem feita a um planeta branco. Um espetáculo amoroso sobre o encontro entre humanos e extraterrestres.

A segunda parte será uma sessão literária também destinada às crianças. Serão apresentadas várias histórias, umas contadas com o apoio de técnicas de leitura encenada, outras com o apoio de marionetas. O preço dos bilhetes é 3 euros.

Sul

Évora prepara-se também para as comemorações do Dia Mundial do Teatro. De dia 24 a 26, às 18h30 é possível fazer uma visita guiada ao Teatro Garcia de Resende, e assistir ao espetáculo Estes Autos Que Ora Vereis no dia 27, pelas 16h. De interpretação de Jorge Baião, Maria Marrafa e Rosário Gonzaga, este é o novo espetáculo do Cendrev (Centro Dramático de Évora), organizado a partir de textos de Gil Vicente.  Este é um evento de entrada livre, mediante reservas.

cendrev

Foto: Divulgação

Ilhas

Pelas ilhas, o Dia Mundial do Teatro também não foi esquecido. No dia 27, às 21h, em comemoração da abertura do Teatro Experimental da Casa do Povo da Camacha (Madeira), Paula Erra e Élvio Camacho apresentam Mai Maiores Qu’essei Serras no Auditório da Casa do Povo da Camacha.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Para marcar também a data, a Associação MiratecArts, com sede nos Açores, decidiu explorar o tema da morte. O seu diretor artístico, Terry Costa, quer mostrar que o teatro apenas necessita de ser diferente. A associação apela para que todos se juntem na página oficial de Facebook e acompanhem, no dia 27 de março, esta experiência que “um pouco diferente”.

Escrito por Helena Moreira e Sara Bregieira