A sexta temporada de Pretty Little Liars está oficialmente concluída e esta semana foi recheada de momentos comoventes e revelações chocantes. O episódio Hush Hush Sweet Liars estreou no canal Freeform no dia 15 de março. Em Portugal, As Pequenas Mentirosas sobem ao palco do AXN White.

O plano entra em ação e os protagonistas dividem-se. Hanna (Ashley Benson) e Caleb (Tyler Blackburn) ficam encarregues de montar um quarto desocupado, de modo a Hanna servir de isco ao novo vilão, o qual Caleb tão adequadamente intitulou de A-moji.

Spencer (Troian Bellisario), à medida que assiste à eleição da mãe para Senadora de Estado, decide investigar os corredores secretos do Radley com Toby (Keegan Allen).

Aria (Lucy Hale) e Ezra (Ian Harding) terminam finalmente o seu livro, o que serve de desculpa para aquilo que já estávamos à espera. A editora adorou o livro, decidindo antecipar a data de lançamento e marcar uma digressão. O casal, no meio de tanta alegria, beija-se e depressa terminam a cena na cama. Os fãs desta dupla já podem descansar, pois parece que o casal “Ezria” está oficialmente de volta.Pretty Little Liars

Alison (Sasha Pieterse), por seu turno, não está na melhor das situações. Sozinha em casa, a rapariga começa a alucinar com a sua mãe morta, bem como o detetive Wilden (Bryce Johnson) – o qual, caso estejam esquecidos, morreu na terceira temporada. Preocupada com a saúde da amiga, Emily (Shay Mitchell) decide ficar a fazer-lhe companhia.

Também Hanna e Caleb decidem retomar a paixão de outrora. Agora sozinhos, o casal recorda o término da sua relação quando Caleb decidiu partir para a Europa e Hanna não o acompanhou. Através de flashbacks, Hanna revela que decidiu voltar atrás mas já não foi a tempo de encontrar Caleb, pensando sobre como as coisas poderiam estar agora se ela tivesse chegado uns minutos antes.

O casal beija-se, criando em mim sentimentos mistos: por muitas saudades que eu tivesse desta dupla, já estava a gostar de ver Caleb com Spencer. Ainda não decidi se gosto deste desfecho ou não.Pretty Little Liars

Mona (Janel Parrish) está presente na eleição de Veronica (Lesley Fera) – a qual ela ganha, já agora – e decide ajudar Toby e Spencer na busca pelo Radley. O trio acaba por entrar numa sala secreta e descobre uns ficheiros antigos que revelam a primeira grande informação da noite.

Há 25 anos, uma paciente de nome Mary Drake esteve internada no Radley. Mary deu à luz um bebé chamado Charles, que acabou por ser adotado por Jessica (Andrea Parker) e Kenneth (Jim Abele) – os pais da família DiLaurentis. Percebemos então que Charles – ou Charlotte, a grande vilã A, também conhecida por CeCe – era apenas irmã adotiva de Alison e Jason (Drew Van Acker). Ao menos já não se coloca o problema de incesto que tanto furor causou.Pretty Little Liars

Graças às suas alucinações, Alison decide internar-se num hospital psiquiátrico. Do outro lado da cidade, o plano dá para o torto e Hanna desaparece. O resto do grupo junta-se e decide ver os vídeos de segurança, desenterrando o resto da verdade.

O rosto de Wilden era apenas uma máscara, revelando, nada mais nada menos, que o doutor Rollins (Huw Collins) – o atual marido de Alison que, na minha opinião, sempre teve um ar suspeito. Rollins fala agora num sotaque britânico e encontra-se com Mary Drake que, na verdade, é gémea de Jessica DiLaurentis, sendo portanto interpretada pela mesma atriz.Pretty Little Liars

O internamento de Alison aparentemente faz parte dos planos desta dupla e Rollins apenas casou com ela porque amava Charlotte e estava disposto a fazer tudo por ela, cumprindo também os desejos de Mary. O episódio termina na torre da igreja, onde vemos alguém a arrastar o corpo inconsciente de Hanna.

Esta revelação não foi tão insatisfatória quanto a descoberta da identidade de A mas tudo o que me vem à cabeça são mil e uma perguntas. Porque é que Mary esteve no Radley? Porque é que deu o filho para adoção? Qual é o envolvimento de Elliot no meio disto tudo? Afinal os motivos de Charlotte eram válidos ou apenas um disfarce? E ficámos sem resposta para a grande pergunta da temporada: quem matou Charlotte?!

NOTA: 6/10