Shameless

Shameless 6×09: alcoólicos, hippies e noivado

Mais vale dizer já: esta semana Shameless teve um dos melhores episódios desta temporada e talvez até de toda a série, dando o tão aguardado toque de felicidade que faltava nesta família tão problemática. A Yurt of One’s Own estreou no canal Showtime no dia 13 de março. Em Portugal, a série No Limite é exibida na FOX.

Debbie (Emma Kenney) decide desistir da escola – parece não haver mesmo esperança para esta jovem – e, em conjunto com Frank (William H. Macy), Queenie (Sherilyn Fenn) e Chuckie (Kellen Michael), junta-se a uma comunidade hippie chamada The Soaring Consciousness Eco Village – em português seria algo comum A Vila Ecológica da Consciência Ascendente. É tudo aquilo que imaginámos: não há eletricidade, as pessoas dormem em tendas, esse género de coisas.

Por estar grávida, Debbie tem a melhor tenda do grupo, portanto está tudo bem. Já Frank não pode dizer a mesma coisa. Demasiado trabalho manual e ver Queenie a ter orgias com outros homens não foi bem o que o pai de família imaginou quando se mudou para aqui. Tudo isto aliado ao fato de não haver erva para fumar – a sua maior frustração!Shameless

Lip (Jeremy Allen White) parece ter entrado completamente em modo alcoólico. Bebe de noite e dia, não se lembrando dos nomes das raparigas com quem se envolve. Acaba por entrar em coma alcoólico e acorda numa cama de hospital após uma festa universitária. A isto é que eu chamo afogar as mágoas.

Ian (Cameron Monaghan) recebe uma chamada de uma cara conhecida: Mandy (Emma Greenwell)! A rapariga, irmã de Mickey (Noel Fisher) – ex-namorado de Ian – está num hotel e precisa de ajuda. Aparentemente, Mandy é agora uma acompanhante de luxo e um dos seus clientes está morto na casa-de-banho da sua suíte.Shameless

Ian engendra um plano para que Mandy não se veja envolvida na morte do homem e ambos conseguem escapar à situação. Ian recorda os tempos em que trabalhava em bares de strip gay e é então que Mandy solta uma das frases mais bonitas já proferidas nesta série: “Lá porque nascemos aqui, não significa que tenhamos de ficar aqui“. Os dois abraçam-se e Mandy sai de cena, deixando para trás um regresso triunfante como eu há muito não via.

No meio de tudo isto, Svetlana (Isidora Goreshter) é descoberta pela polícia – por ser imigrante ilegal – e prepara-se para fazer as malas, mas Kevin (Steve Howey) e Veronica (Shanola Hampton) precisam dos seus serviços enquanto empregada e babysitter. O plano é Veronica casar com Svetlana, de modo a legalizar a sua estadia, mas claro que nada disto se concretiza. Uma cena completamente inútil, mais valia eles não terem aparecido neste episódio.Shameless

Carl (Ethan Cutkosky) começa a trabalhar no restaurante de Sean (Dermot Mulroney) e a rapariga que ele tem tentado impressionar – Dominique (Jaylen Barron) – finalmente decide assumir que gosta dele e ambos decidem perder a virgindade um com o outro. E é aqui que surge uma das melhores montagens que a série alguma vez testemunhou.

Na aldeia ecológica, Debbie experimenta pela primeira vez um vibrador. Frank está a pedalar uma bicicleta que fornece energia ao acampamento. Quanto mais Frank pedala, mais Debbie e Carl se dedicam às suas próprias tarefas. Quando o pai atinge o ponto de exaustão, os outros dois atingem o ponto de… enfim, vocês sabem.Shameless

Por fim, Fiona (Emmy Rossum) recebe uma visita de Gus (Steve Kazee) e este concorda em conceder-lhe o divórcio, exigindo apenas a aliança de casamento de volta. Caso não se recordem, Fiona vendeu a aliança numa joalharia. O processo fica feio e ambas as partes avançam com advogados. Até que Sean salva o dia e aparece com a aliança, pedindo inclusivamente Fiona em casamento.

Embora haja certas pontas soltas que eu preciso de ver resolvidas urgentemente – o alcoolismo de Lip, a rebeldia de Debbie, o fato de Kevin e Veronica estarem sempre desligados de tudo o resto -, este episódio de Shameless foi glorioso.

Mandy teve um regresso fenomenal, gerando uma dinâmica em Ian como há muito não víamos. Carl está a endireitar a sua vida, obtendo a redenção que tanto procurávamos. O noivado de Fiona foi a cereja no topo do bolo, fechando um episódio que já de si foi bastante bom.

NOTA: 9/10

Mais Artigos
Comic Con Portugal
Comic Con Portugal realiza-se em 2021 e muda-se para o Parque das Nações