Madonna

Madonna proibida de atuar nas Filipinas

As Filipinas querem proibir concertos de Madonna no seu território por considerarem que a artista desrespeitou a bandeira do país ao dançar com ela num dos espetáculos realizados a semana passada em Manila.

O palácio presidencial de Malacanang “quer proibir a vencedora dos Grammy Awards e rainha do pop Madonna de dar espetáculos nas Filipinas por ter desrespeitado a bandeira filipina num dos seus concertos”, disse o porta-voz da Presidência, Herminio Coloma. De acordo com a lei de 1998, o uso da bandeira filipina num traje ou disfarce pode ser punido com um ano de prisão.

Na quarta-feira, os bispos filipinos chegaram mesmo a apelar aos fiéis que boicotassem os seus concertos, argumentando que os mesmos se tratam de uma obra do diabo. As Filipinas “e todos aqueles que amam a Deus devem evitar o pecado e as ocasiões de pecado”, escreveu o arcebispo Dom Ramon Arguelles no site oficial da Conferência dos Bispos Católicos das Filipinas.

Madonna, atualmente na estrada com a Rebel Heart Tour, já é experimente neste tipo de polémicas. Em 2012 algumas das suas imagens promocionais foram proibidas na Arábia Saudita e, mais recentemente, teve músicas censuradas no alinhamento de um espetáculo em Singapura.

 

Mais Artigos
Mariah Carey Natal
Tudo o que queríamos no Natal? Especial de Mariah Carey chega em dezembro