MWC
Fotografia: Divulgação.

MWC 2016: seis novidades que (ainda) não sabes

Durante a última semana, o Espalha-Factos tem acompanhado um dos maiores eventos mundiais de tecnologia móvel: a Mobile World Congress (MWC), que teve lugar em Barcelona. Tendo destacado as principais novidades do evento, juntamos agora seis novidades que podem ter passado despercebidas e que ainda não tínhamos mencionado.

O primeiro telemóvel com câmara térmica é da CAT

MWC
Fotografia: PocketLink.

A câmara é da FLIR e está incorporada num corpo típico dos smartphones da CAT (robusto e à prova de água e pó). O CAT S60 traz finalmente as câmaras térmicas ao mundo dos telemóveis, já que estávamos limitados a acessórios que nos possibilitavam esta técnica fotográfica.

Com o público-alvo específico e profissional, o S60 traz um ecrã utilizável com luvas (mesmo que molhadas) de 4,7 polegadas e resolução HD. O seu desempenho é assegurado pelo Snapdragon 617 e memória RAM de 3GB. Todavia, este não é suposto ser um smartphone para espantar resultados em testes de performance.

CAT S60 chegará com “649 euros” escrito na etiqueta – o que não é propriamente acessível. Contudo, poderá ser viável tendo em conta o caráter pioneiro e único deste dispositivo que preenche necessidades específicas de consumidores exigentes.

HP Elite X3 é o flagship que faltava no Windows 10

MWC
Fotografia: Divulgação.

A HP aproveitou a MWC para lançar um smartphone. Sim, a HP. Pode parecer incomum à primeira vista, mas trata-se de um conceito relacionado com a funcionalidade Continuum deste sistema, que permite usar o telemóvel como um computador.

LÊ MAIS: AS CINCO MELHORES FUNCIONALIDADES DO WINDOWS 10

O novo HP Elite X3 não é bem um smartphone… é um phablet. Isto porque vem com um ecrã de (aproximadamente) seis polegadas, AMOLED e com resolução WQHD. O seu desempenho é suposto ser do melhor que há, contando com um Snapdragon 820 e 4GB de memória RAM. Tem ainda uma gigante bateria de 4150mAh, certificação IP67 para garantir resistência à água e memória interna de 64GB expansível até 2TB com cartão microSD.

MWC
Fotografia: Divulgação.

Em termos de especificações o HP Elite X3 está no topo. E isso é devido aos dois novos acessórios: a Desk Dock e o Mobile Extender que permitem adicionar portas de conetividade e um ecrã de 12,5 polegadas para aproveitar o Continuum do Windows 10 e tornar este smartphone num verdadeiro portátil.

Desta forma, a HP pretende regressar ao mercado dos telemóveis, aproveitando os seus clientes empresariais para propor uma nova forma de utilizar estes equipamentos. Terá condições para singrar?

Oppo garante conseguir carregar bateria em 15 minutos

MWC
Fotografia: GizMag.

A Oppo pode não ser muito conhecida ou ter muito renome. Contudo, nesta MWC, a fabricante que está sediada na Califórnia anunciou a tecnologia SuperVOOC. Esta tecnologia funciona quer em ligações microUSB, quer por portas USB-C. Contudo, necessita de alguns materiais e conetores especiais da Oppo.

O controlo sobre todos estes parâmetros pode ser a chave para os resultados obtidos: permite carregar uma bateria de 2500mAh em apenas 15 minutos. A eficiência de 97% é conseguida pelo facto de não ser necessária a conversão da tensão elétrica para carregar a bateria.

Alcatel anuncia Idol 4 e Idol 4S e junta-se à realidade virtual

MWC
Fotografia: Divulgação.

Alcatel também esteve presente em Barcelona. Os seus novos smartphones (Idol 4 Idol 4S) têm duas particularidades: a sua embalagem e um botão Boom Key.

Em primeiro lugar, a embalagem destes smartphones será conversível nuns óculos de realidade virtual (algo muito presente na MWC) com recurso ao telemóvel (à semelhança do que a Google fez com o Cardboard).

Para além disso, a Boom Key apresenta-se como um botão que melhora a experiência do utilizador, conforme o contexto em que se insere. A título de exemplo, se a aplicação de música estiver a ser utilizada, pressionar a Boom Key ajustará o equalizador e o volume do som.

MWC
Fotografia: Divulgação.

Os dois modelos diferem no ecrã (o Idol 4 tem um ecrã de 5,2 polegadas com resolução Full HD e o Idol 4S tem um ecrã de 5,5 polegadas com resolução QHD), na velocidade dos processadores de oito núcleos e na qualidade das câmaras (16 megapíxeis para o Idol 4S e 13 megapíxeis para o Idol 4), essencialmente.

MWC
Fotografia: TechGuide.

Na MWC, estes dispositivos foram anunciados em “cor-de-rosa ouro”, cinzento escuro, branco e prateado. A Alcatel Onetouch deixou de existir também. Com novo logótipo, o rebranding simplifica o nome para Alcatel.

HTC Vive já tem preço e data de comercialização

MWC
Fotografia: Divulgação.

HTC passou despercebida nesta MWC. Apresentou alguns telemóveis de gama média, mas deixou a inovação do seu próximo flagship para um evento próprio a acontecer nas próximas semanas em Londres.

Apesar disso, a marca anunciou detalhes sobre a comercialização dos seus óculos de realidade virtual desenvolvidos em parceria com a Valve (empresa criadora da plataforma Steam). As primeiras encomendas deverão começar a ser feitas no início de março e o preço rondará os 799 dólares (cerca de 730 euros).

A experiência pode ser alucinante, porém, o preço é um pouco elevado, considerando que se obtém o Oculus Rift por 599 dólares. O fator que diferencia serão os controlos que permitirão interagir em jogos de realidade virtual, por exemplo.

http://www.youtube.com/watch?v=-mxDQycSyDg

BQ confirma tablet com Ubuntu e anuncia smartphone

MWC
Fotografia: TuttoAndroid.

BQ esteve em casa. Com um evento no seu país de origem, a marca aproveitou para apresentar o novo BQ Aquaris 10 Ubuntu Edition e o BQ Aquaris X5 Plus.

Tal como havíamos noticiado, o tablet vem com um ecrã de 10,1 polegadas. A sua performance é conseguida com um processador quad-core a 1,5GHz da MediaTek (modelo MT8163A), acompanhado de 2GB de memória RAM e memória de 16GB expansível por cartão microSD. O Aquaris 10 Ubuntu Edition é o primeiro a utilizar o sistema operativo Ubuntu que lhe permite transformar-se em computador quando ligado a um monitor e rato.

LÊ MAIS: UM TABLET QUE SE TRANSFORMA EM PC? ESTÁ AQUI

 

MWC
Fotografia: Movil Zona.

Já o Aquaris X5 Plus é um smartphone que marca a estreia da fabricante espanhola na utilização de leitores de impressões digitais nos seus produtos. Virá com bom desempenho, mas nada que concorra com os topos de gama. De acordo com a marca, um dos pontos fortes é a bateria que é “uma das melhores relações dimensão-bateria disponíveis no mercado”.

Na sua lista de especificações, podemos observar a presença de um ecrã Full HD de cinco polegadas, câmaras de 16 megapíxeis e oito megapíxeis e processador de oito núcleos Qualcomm Snapdragon 652. O Aquaris X5 Plus virá com a última versão do sistema Android.

E os vencedores na MWC 2016 são…

MWC
Fotografia: Divulgação.

E estes foram os seis destaques que o Espalha-Factos decidiu compilar agora que a MWC terminou. Não sendo possível abordar todos os portáteis, telemóveis e gadgets da feira, selecionámos os momentos mais relevantes e podes conhecê-los todos aqui.

MWC 2016 contou com mais de 100 mil visitantes, vindos de 204 países distintos. A imprensa esteve presente com cerca de 3600 jornalistas. A organização (Global Mobile Awards) elegeu o Samsung Galaxy S6 Edge como o melhor telemóvel do ano passado e o LG G5 como o melhor telemóvel apresentado nesta edição do evento.

E nós já mal podemos esperar pelo final de fevereiro de 2017!

Mais Artigos
Cofina
Cofina insiste na aquisição da Media Capital e culpa acionistas pela “fragilidade” da empresa