Pretty Little Liars

Pretty Little Liars 6×17: novos casais, velhos problemas

Mais uma semana, mais um episódio de Pretty Little Liars. Desta vez, as raparigas não só tiveram de enfrentar as ameaças do novo vilão como também lidar com velhos sentimentos, que finalmente decidiram vir ao de cima. O episódio We’ve All Got Baggage estreou no canal Freeform no dia 23 de fevereiro. Em Portugal, As Pequenas Mentirosas sobem ao palco do canal AXN White.

Abrimos o episódio com Hanna (Ashley Benson), Emily (Shay Mitchell) e Alison (Sasha Pieterse) a investigar novamente o quarto de Sara Harvey (Dre Davis) no hotel. Desta vez, encontram um quarto completamente virado do avesso e o buraco na parede desapareceu magicamente. As raparigas saem de cena ao ser interrompidas pela empregada de limpeza – mas claro que nesta série nem tudo é o que parece. A emprega rapidamente retira a sua cara, revelando que afinal era o vilão mascarado.Pretty Little Liars

Spencer (Troian Bellisario) continua a lidar com o drama da campanha da sua mãe, dizendo-lhe que ela deve tornar o seu cancro do conhecimento do público. Veronica (Lesley Fera) concorda, mas nem tudo corre como esperado. Aparentemente, alguém do lado dos Hastings soltou a informação de que a adversária, Yvonne (Kara Royster), fizera um aborto há uns anos.

Quando Veronica descobre que a informação veio do computador de Spencer, Caleb (Tyler Blackburn) decide assumir as culpas. Veronica rapidamente demite Caleb da campanha e expulsa-o de casa. Fiquei sem perceber como é que o computador de Spencer entrou aqui no meio e admito que Veronica tomou uma decisão extrema, mas ao menos percebemos que Caleb gosta realmente da nova namorada.

Melissa (Torrey DeVitto) continua em Rosewood e diz que partiu a mala num fim-de-semana em que a equipa de futebol americano Phillies teve um jogo bastante agitado. Caleb, sendo o inteligente da série, percebe que os Phillies não jogaram no dito fim-de-semana. As protagonistas recuperam os seus velhos hábitos e rapidamente apontam Melissa como suspeita.Pretty Little Liars

Hanna recorda uma altura em que encontrou Melissa em Londres. Aparentemente, Charlotte (Vanessa Ray) estendeu a sua faceta maligna e ligou a Wren (Julian Morris) para lhe contar todo o envolvimento de Melissa com Bethany Young. Melissa está cheia de raiva e de álcool no sangue e liga para o manicómio, fingindo que é Alison e exigindo falar com Charlotte. Conclusão: Melissa quer Charlotte fora do mapa. Seis temporadas depois e ela continua a ser suspeita de tudo.

Aria (Lucy Hale) teve as mãos ocupadas esta semana: para além de comandar o casamento dos seus pais, decide contar a verdade a Ezra (Ian Harding) acerca do livro. Ezra aceita as notícias de forma tranquila, mas o pior veio depois: quando Ezra e Liam (Roberto Aguire) partilham uma bebida no bar, Ezra confessa que o seu livro não é sobre Aria mas sim sobre Nicole (Rebecca Breeds). Liam rapidamente junta as peças do puzzle e percebe que Ezra e Aria não tiveram apenas uma relação de professor-estudante. Sejamos sinceros: Aria devia ter dito a verdade mais cedo.

Quanto ao casamento, Hanna está encarregue das preparações – vestidos e afins – enquanto Aria tem de arranjar a sua licença online. Os pais da protagonista vivem felizes para sempre e o casamento é um bom pretexto para duas coisas: Aria e Liam fazem as pazes e Hanna questiona a sua relação com Jordan (David Coussins).

No final do episódio, Hanna decide anunciar que já decidiu uma data para o seu próprio casamento e diz a Jordan que o ama. Será que a esperança para ela e Caleb acabou?Pretty Little Liars

O casal mais apaixonado e sem problemas de momento é Alison e o doutor Rollins (Huw Collins). No final do episódio, acontece uma cena que ultrapassa os limites do ridículo: agora que Aria já tem licença, Alison e Rollins pedem-lhe que os case. Como assim? Ele apareceu na série há sete episódios e já vão casar? Em Rosewood as coisas avançam bastante depressa.

Agora a parte interessante: Emily conhece um rapaz chamado Damian (Blake Berris), mas as raparigas percebem logo que ele é o repórter envolvido na campanha dos Hastings e que está a fazer trabalho de espionagem. Emily – por alguma razão que ainda espero perceber – decide combinar um jantar com ele.

A protagonista dirige-se a um restaurante que – também por alguma razão milagrosa – está abandonado. O antagonista ataca-a com um carro inúmeras vezes e, no meio da luta, Emily encontra a famosa arma do crime. Ao regressar a casa, Emily confessa a Hanna aquilo que percebeu do ataque: este atacante queria encobrir o homicídio.

Pelos vistos, o salto temporal de Pretty Little Liars não trouxe apenas um novo vilão, mas sim dois. Embora isto possa parece um passo maior do que a perna, é certamente algo promissor. Ataques à parte, gostei das novas tensões entre os vários casais e anseio pelo momento em que eles se decidem de uma vez por todas: ou ficam assim ou voltam para os seus antigos amores. Mas este limbo já se está a tornar cansativo.

NOTA: 7/10

Mais Artigos
música vinil
10 discos que te podem ter passado ao lado em 2020