cinéfondation

Primeiro Realizador Português na Cinéfondation de Cannes

Nuno Baltazar é o primeiro realizador português a ser selecionado para participar no Résidence, um programa inserido na fundação Cinéfondation do Festival de Cannes. O cineasta vai fazer parte da primeira sessão do programa em 2016, que terá início a 1 de março e terá a duração de cerca de quatro meses e meio.

Baltazar tem experiência a escrever para a televisão e em 2014 completou Doce Lar, a sua primeira curta-metragem. Este filme participou na secção Short Film Corner do Festival de Cannes em 2015 e focava-se num homem solitário que se refugia num complexo prisional abandonado.

O Cinéfondation é uma fundação dentro do Festival de Cannes com o objetivo de apoiar as próximas gerações de cineastas internacionais. Dentro deste está o programa Résidence, que todos os anos acolhe doze realizadores que estejam a desenvolver o guião da sua primeira ou segunda longa-metragem. Os selecionados recebem então um acolhimento personalizado para a escrita dos seus guiões durante cerca de quatro meses e meio, bem como encontros com outros profissionais da indústria cinematográfica.

Gilles Jacob, o presidente da Cinéfondation, selecionou Nuno Baltazar devido à qualidade dos seus trabalhos anteriores e ao potencial da sua longa-metragem presentemente em desenvolvimento.

O guião do projeto vai ser escrito durante a estadia de Baltazar no Résidence e está a ser desenvolvido sob o nome “Fronteira“.

Mais Artigos
Pedro Abrunhosa
Pedro Abrunhosa de ‘CORPO i ALMA’ este Natal