O novo episódio de Pretty Little Liars, embora com um ritmo lento, trouxe umas quantas revelações que certamente não passam despercebidas. Where Somebody Waits For Me estreou canal Freeform no dia 16 de fevereiro. Em Portugal, a série passa no AXN White pelo nome As Pequenas Mentirosas.

Começamos o episódio com Hanna (Ashley Benson) e Jordan (David Coussins) num hotel super romântico e fantasioso. Quando a rapariga acorda, tem mil e uma mensagens das suas amigas no telemóvel, enquanto Jordan aparece com o serviço de quarto. Como Hanna não encomendou qualquer serviço, claro que isto deu para o torto: o pequeno-almoço apresenta a mensagem “A lua de mel acabou“, bem como uma cara desfigurada acompanhada pelas palavras “Pobre Jordie“. O novo vilão não deixa escapar nenhuma oportunidade.

Spencer (Troian Bellisario) e Aria (Lucy Hale) investigam o buraco na parede do quarto de hotel que encontraram no episódio passado. O buraco revela uma passagem secreta, a qual termina no exterior do hotel. A dupla rapidamente percebe que Sara Harvey (Dre Davis) pode sair e entrar do hotel sem ser intercetada – importante referir que Sara é a principal suspeita de momento, mas o jogo ainda está todo em aberto. Aliás, se Sara for efetivamente a culpada, a escrita da série está pior do que eu pensava.pretty little liars

Caleb (Tyler Blackburn) desbloqueia os conteúdos do telemóvel encontrado no episódio anterior, nomeadamente uma pasta com investigação acerca da campanha dos Hastings, liderada pela mãe da Spencer. Pelos vistos, Veronica (Lesley Fera) está com problemas de saúde e a campanha opositora – dos Phillips – planeia divulgar a notícia, de modo a convencer os eleitores que ela não está capaz de exercer as funções a que se dispõe.

Alison (Sasha Pieterse) e o doutor Rollins (Huw Collins) encontram-se com a detetive Tanner (Roma Maffia) – sim, ela ainda anda por cá a mexer com os nossos nervos – e ela revela que alguém num restaurante chamado The Two Crows ligou para a casa dos DiLaurentis na noite do homicídio de Charlotte (Vanessa Ray). A detetive adiciona ainda que a arma do crime, afinal, não é um taco de golfe, mas sim um objeto retangular de metal. Isto é muita informação ao mesmo tempo, vamos lá a ter calma!

A nossa querida Emily (Shay Mitchell), após a ameaça do episódio anterior, dirige-se agora à clínica de fertilidade e descobre que todas as unidades foram assaltadas e que os seus óvulos já não podem ser utilizados, bem como os de trinta outros doadores. O novo vilão, de fato, não anda aqui a brincar. Pobre Emily!pretty little liars

Mona (Janel Parrish) está de volta e confessa a Spencer que foi ela que deixou o telemóvel no restaurante, como um teste de confiança. Mona confirma que a campanha dos Phillips planeia divulgar a trágica notícia, opinando que é algo injusto e cruel. Adoro quando a Mona está do lado bom, ela definitivamente precisa de aparecer mais vezes na série! Spencer implora a Caleb que apague os ficheiros mas, se este o fizer, os Phillips saberão que o documento foi infiltrado.

Hanna e Caleb decidem ir beber um copo – porque, lá está, já têm idade para isso – e somos finalmente apresentados a um flashback. Vemos o casal há uns anos, em Manhattan, durante uma festa do emprego de Hanna. Caleb está no exterior e sente-se claramente desenquadrado. O casal tem um género de discussão, dizendo que os seus interesses já cada vez mais divergentes e que, aparentemente, já não se conhecem. Espero que não tenha sido esta a razão do seu rompimento, pois soube-me a pouco.

O namorado de Aria, Liam (Roberto Aguire), põe os pés em Rosewood para saber como está a correr o livro de Ezra (Ian Harding). Aria mostra-lhe as novas páginas e Liam reconhece rapidamente que foi ela que as escreveu. Claro que Ezra também entra em cena e diz também já ter adiantado o livro. E agora? Será que Aria confessará o que fez? Qual das duas versões será escolhida?

Mas não nos ficamos por aqui: Ezra esclarece os rumores acerca da noite do homicídio de Charlotte. Aparentemente, ele viu os pais de Aria juntos e Byron (Chad Lowe) pediu-lhe que não contasse nada à rapariga por enquanto – daí a ligação entre ambos. Depois disso, Ezra bebeu uns copos e foi para casa, estando assim ilibado do crime – pelo menos para já.pretty little liars

À medida que o relacionamento entre Alison e Rollins é oficializado, Caleb encontra-se com Mona, ameaçando-a e dizendo-lhe para ela deixar Spencer em paz. Mona não se deixa abater e responde-lhe: “Por simples curiosidade, quem é que beija melhor? Hanna, Spencer ou eu?“. Calma, perdi alguma coisa?! Mona e Caleb estiveram envolvidos durante estes cinco anos que passaram? Preciso de respostas urgentemente.

Caleb regressa à casa e partilha uma garrafa de vinho com Spencer – novamente, já são adultos! – e a rapariga olha para a mala da sua irmã, Melissa (Torrey DeVitto), apercebendo-se que falta uma peça: um objeto retangular de metal. Parece-vos familiar? Sim, a arma do crime. O episódio termina com o novo vilão a limpar uma das máquinas de tortura que Charlotte utilizou nas raparigas quando as raptou. Costuma dizer-se: velhos hábitos dificilmente morrem.

Este episódio deu-nos certas informações que já esperávamos há algum tempo: arma do crime, novo envolvimento da Mona, o passado de Hanna e Caleb. Ainda assim, continuo a achar que o novo vilão ainda tem muito por mostrar e pouco tempo para o fazer. Mais uma vez sublinho o fato de Emily estar completamente afastada da série, tornando-se cada vez mais numa personagem secundária. Ponto positivo: todo o episódio onde não aparece Sara Harvey é um bom episódio.

NOTA: 7/10