pretty little liars

Pretty Little Liars 6×15: quem vai à guerra, dá e leva

As protagonistas de Pretty Little Liars estão, sem dúvida, prontas para a guerra e o episódio desta semana mostrou-nos de que forma é que o trauma de seis temporadas as tornou mais fortes. Do Not Disturb estreou no dia 9 de fevereiro no canal Freeform. Em Portugal, a série As Pequenas Mentirosas é exibida no AXN White.

Aria (Lucy Hale) chega a casa e o drama do seu pai é rapidamente resolvido: aparentemente, os seus pais estão novamente noivos, tendo até passado a noite juntos durante o homicídio de Charlotte (Vanessa Ray) e possuindo assim um sólido álibi. Uma justificação plausível, mas ainda não sabemos qual a ligação do pai dela a Ezra (Ian Harding), mistério esse que foi levantado no episódio passado.

Do outro lado de Rosewood, Hanna (Ashley Benson) tenta forçar a sua mãe a admitir que roubou os vídeos de segurança do hotel relativos à noite do homicídio, porque o novo vilão está a chantageá-la e exige a devolução dos vídeos. Após uma busca incessante e sem sucesso, Hanna decide pedir ajuda a Caleb (Tyler Blacburn) e ambos começam a criar um ficheiro falso.pretty little liars

Spencer (Troian Bellisario) aparentemente tem um almoço marcado no âmbito da campanha política – a história mais aborrecida que a série alguma vez criou – e quem aparece é Yvonne (Kara Royster), a nova namorada de Toby (Keegan Allen) que conhecemos no último episódio.

Após um almoço tranquilo, Yvonne esquece-se do telemóvel no restaurante e Spencer tem a brilhante ideia de o roubar e levá-lo até Caleb. Pelos vistos, nestes cinco anos que passaram, as raparigas perderam alguns dos seus valores morais e da sua boa educação.

Alison (Sasha Pieterse) recebe a visita inesperada de Sara Harvey (Dre Davis) e esta explica que apenas elas as duas percebem o que é ter criado uma ligação com Charlotte. Basicamente, Sara tem esperança que ambas possam pôr o passado para trás das costas e ser amigas. Alison, como qualquer pessoa normal, levanta o rabo da cadeira e vai-se embora. Sara não só é completamente inútil na série, como também altamente irritante.

Alison descobre a verdade acerca do segredo de Emily (Shay Mitchell) e decide acompanhá-la até à clínica, porque chegou a hora de doar os ovários! Durante o sono e completamente dominada por medicamentos, Emily é (aparentemente) atacada por Sara. A cena é interrompida por Alison e ficamos sem perceber se foi tudo um sonho ou não – eu espero que sim, porque já odeio Sara o suficiente.pretty little liars

No hotel The Radley, Aria decide alugar o quarto ao lado do de Sara e entra numa cena de espionagem na companhia de Spencer. Ambas atravessam a varanda e assaltam o quarto de Sara. Lá dentro, Aria decide explorar um armário gigante e Spencer descobre desenhos das plantas do antigo manicómio Radley e do atual hotel Radley. Pelos vistos, o quarto onde Sara está hospedada fora outrora o quarto de Charlotte.

Em Nova Iorque, Hanna atrasa-se cinco minutos para o emprego e é rapidamente despedida pela sua horrível patroa. A protagonista decide bater o pé e dizer: “Eu faço muito mais do que aquilo que me pedes. Podes despedir-me à vontade, eu já fui intimidada por alguém pior que tu“. Muito bem, Hanna! Um dos melhores momentos do episódio!

De volta ao hotel, Spencer procura Aria por todo o lado e descobre um buraco enorme numa parede com umas escadas que levam ao que parece ser um fundo sem fim – e Aria não está em lado nenhum. As boas notícias: pelos vistos, o telemóvel que Spencer encontrou pertencia a Mona (Janel Parrish) e Caleb teve tempo suficiente de clonar o aparelho.pretty little liars

No final do episódio, Emily recebe uma mensagem do novo inimigo, dizendo “Dá-me o assassino ou eu uso os teus ovários“. Isto tem errado escrito em todo o lado. Vemos o antagonista abrir o seu computador e, para grande surpresa, aparece um vídeo de Caleb a dizer: “Se podes mudar as regras, nós também podemos“. O computador do vilão é rapidamente invadido por um vírus e todos os seus ficheiros são apagados.

Embora este episódio de Pretty Little Liars tenha tido um ritmo lento, houve grandes momentos que realmente espelham a premissa deste salto temporal. Hanna, Spencer, Aria e Caleb têm as armas carregadas e já provaram que não têm medo de retaliar contra o novo inimigo. A junção de Aria com Spencer e o vídeo de Caleb aqueceram o meu coração como a série já não fazia há algum tempo. Os únicos aspetos negativos: Emily parece estar completamente desenquadrada do grupo e sem qualquer reação, e Sara precisa urgentemente de se ir embora!

NOTA: 8/10

Mais Artigos
Oscar Wilde
Oscar Wilde: 120 anos depois da morte, permanece um legado rico e complexo