shameless-us-s06e05-720p-hdtv-x264-dimension-large

Shameless 6×05: a lei do salve-se quem puder

Após o episódio da semana passada, a família de Shameless está oficialmente sem casa e cabe-lhes agora encontrar um novo sítio para viver. Cada membro dos Gallaghers decide então seguir o seu caminho, numa dinâmica à qual não estamos habituados mas que é certamente interessante. O novo episódio, intitulado Refugees, estreou no canal Showtime no dia 7 de fevereiro. Em Portugal, a série No Limite é exibida na FOX.

Comecemos pela irmã mais velha. Fiona (Emmy Rossum) depara-se com a nova família de inquilinos a invadir a casa, apercebendo-se de que pouco ou nada há a fazer para travar a situação. Mas o pior acontece quando as autoridades começam a retirar todos os pertences dos Gallaghers, colocando-os literalmente na rua.SHAMELESS_605_2826.R_FULL

A mobília fica temporariamente em casa de Kevin (Steve Howey) e Veronica (Shanola Hampton), à medida que Fiona procura uma solução para si e para o resto da família. Após buscas incessantes, a protagonista decide ir viver com o namorado, Sean (Dermot Mulroney), levando consigo o irmão mais novo, Liam. Então e o resto da família? Vamos a isso.

O irmão mais velho, Lip (Jeremy Allen White), continua com casa segura no seu dormitório da faculdade, mas enfrenta agora um novo drama. A sua ex-namorada, Amanda (Nichole Bloom), regressa à procura de vingança, após Lip a ter traído com a sua professora Helene (Sasha Alexander) – relação esta que, como sabemos, dura até agora.

Amanda invade o telemóvel de Lip e descobre uma fotografia de Helene nua que ele tirara há umas semanas. Amanda divulga a fotografia através do Twitter, causando o caos em toda a universidade. Lip fica furioso e contempla o futuro iminente: o fim da carreira profissional de Helene e o fim da sua relação com ela. Embora isto me tenha feito odiar Amanda do fundo do coração, admito que foi uma boa maneira de agitar as coisas.Shameless_605_5587.R_FULL

Próximo irmão: Ian (Cameron Monaghan) dirige-se a um churrasco do grupo de bombeiros gays que conhecera previamente. O seu objetivo é ir para a cama com Caleb mas este rapidamente põe um travão e explica que está à procura de algo sério. Ian aceita em ter um encontro romântico com ele – um “date“, melhor dizendo -, à medida que se depara também com a hipótese de fazer o teste para se tornar bombeiro.

Embora eu, como toda a gente, tenha saudades de Mickey (Noel Fisher), estou a adorar esta nova dinâmica em Ian. A história dele estava a ficar altamente monótona e finalmente podemos esperar algo novo vindo daqui. ainda assim, espero que Mickey entretanto saia da prisão e recupere o que é seu. Ah e já agora! Ian mudou-se para o dormitório de Lip, portanto este também tem casa garantida.Shameless_605_5408.R_FULL

Debbie (Emma Kenney) continua no seu caminho auto-destrutivo, envergando o papel de babysitter com dezoito anos numa família cuja mãe está a morrer de cancro. O objetivo de Debbie é conquistar o marido, de modo a que este a ajudar a suportar o bebé que aí vem. Tudo aqui está errado e dói só de pensar como Debbie era e como ela é agora. Mas há algo positivo no meio disto tudo: a jovem conseguiu uma cama na casa da dita família. Portanto esta também está despachada.

Frank (William H. Macy) decide continuar o seu trabalho improvisado de “assistente de cancro” e começa a passar mais tempo com a mãe da tal família. Ambos criam uma ligação interessante, à medida que procuram caixões e se embebedam no bar The Alibi, sempre com a presença cativante de Svetlana (Isidora Goreshter). Embora esta história seja uma cópia descarada do que Frank fez com Bianca (Bojana Novakovic), é sempre bom ver o coração mole do pai da família mais problemática da televisão americana.SHAMELESS_605_0588.R_FULL

Carl (Ethan Cutkosy) usa o seu dinheiro sujo conseguido em trabalhos ilegais e começa à procura de apartamentos excêntricos, à medida que continua a sua faceta de “alma de negro”. Quando vê que é demasiado novo para viver sozinho, decide ficar em casa de Kevin e Veronica. Se já achava que a história de Debbie era ridícula, Carl consegue descer ainda mais baixo. Ele tornou-se num miúdo simplesmente irritante que consegue mostrar as piores facetas da puberdade numa só pessoa.

Kevin e Veronica, por seu turno, recebem um grupo de crianças refugiadas em sua casa, achando que estão a fazer o “trabalho de Deus”. Isto não teve grande importância na história, exceto que Veronica descobre que um dos refugiados é uma menina e cria uma ligação com ela, e que outro deles percebe melhor de armas do que Carl. Resta esperar para ver o que vai sair daqui.SHAMELESS_605_1717.R_FULL

Por enquanto, o assunto da casa está arrumado. Todos os membros da família Gallagher encontraram um sítio para viver. No entanto, espero que esta situação não se prolongue durante muito tempo, pois o ponto forte desta série era ver as personagens enquanto família, debaixo do mesmo teto. Debbie ganhou alguma redenção neste episódio, ao ajudar nas mudanças e ao se aproximar novamente da sua irmã mais velha. Dito isto, à exceção de Carl, todos os protagonistas apresentam narrativas promissoras, no que foi certamente um dos melhores episódios desta temporada.

NOTA: 8/10

Mais Artigos
‘Euphoria’. Jacob Elordi considera Nate Jacobs “um terrorista emocional”