A música é o grande tema dos Grammy, isso é inegável. No entanto, muitos dos artistas premiados também ficam conhecidos pelos movimentos que interpretam ao som das suas músicas. Quem é que não notou a dad dance de Drake ou a elegância de Ed Sheeran em Thinking Out Loud, em 2014? Como achamos que devem ser relembrados, fizemos uma seleção dos movimentos dos nomeados aos Grammy 2016. A gala acontece já no próximo dia 15 de fevereiro.

A saga Uptown Funk

bruno-mars-mark-ronson-2014-animated-gif-uptown-funk-music-video-dance-1420822884

Se a música tocou em todas as festas, o vídeo ajudou a encontrar a coreografia certa. Bruno Mars, juntamente com The Hooligans e Mark Ronson, protagoniza um videoclip com ritmo corporal que já conhecíamos de Gorilla. Ninguém resistiu a Uptown Funk e por algum motivo está nomeada para Canção do Ano.

Ed Sheeran dançarino

tumblr_nd2yefGpIl1tpb9p9o2_500

E se a voz embalou muitos corações, também os movimentos colocaram muitos olhos ao ecrã. Ed Sheeran, que está nomeado para três Grammy, arriscou-se a dar um pezinho de dança em Thinking Out Loud, num vídeo que após 16 horas do lançamento já tinha dois milhões de visualizações no YouTube. Podemos dizer que o cantor se esforçou treinando cerca de cinco horas por dia na altura das gravações. Claro que a ajuda da bailarina Brittany Cherry e a coreografia de Nappytabs também ajudaram, mas provavelmente a coragem de Ed Sheeran levou a que muitos casais se inscrevessem em aulas de dança.

O SuperLamar

rCZMLBL

Kendrick Lamar leva a melhor nas nomeações nos Grammy. Ao todo são 11, o que já faz dele quase um vencedor! Mas a verdade é que nem só a música do cantor deu nas vistas nos últimos tempos: Lamar aparece como superherói, voando pela cidade, no vídeo de Alright. O diretor do vídeo Colin Tilley afirmou à MTV que o voo de Lamar tem um simbolismo muito forte, como se o músico fosse um homem que espalhasse energia positiva por um mundo cheio de loucura, como o atual.

A mensagem de Drake para os homens

hotline-bling-gif-1

Drake não está nomeado por Hotline Bling. Apesar de a música ter saído no dia 31 de julho, o vídeo foi lançado no dia 19 de outubro, quando já não decorria o período de avaliação dos nomeados. Contudo, a sua coragem neste vídeo tem de ser destacada. Dirigido por Director X, Hotline Bling é um pedido para que os homens dancem mais. Quem não se divertiu a ver ou a imitar a dança que Drake ritmou ao seu jeito? Quem sabe fará parte dos nomeados no próximo ano, este ano está nomeado para cinco Grammy.

A rebeldia de Taylor Swift

taylor

O álbum 1989 (ano do nascimento de Taylor) foi lançado em 2014 e o sucesso foi estrondoso. Por isso mesmo, está nomeado para Melhor Álbum do Ano. Shake It Off surgiu como o primeiro single do novo álbum e a sua performance arrecadou múltiplos elogios, a começar pelos estilos e movimentos interpretados ao longo do videoclip. Então o que dizer daquele estilo de bailarina completamente fora das regras? Os passos de dança são divertidos, quase como uma resolução bizarra onde todos parecem dançar como se ninguém estivesse a observar.

O estilo de Kanye West

03-kanye-dancing-gif-001.w529.h529

West é outro dos grandes nomes da lista dos nomeados dos Grammy. Decidimos analisar os seus movimentos ao longo da sua carreira e deparamo-nos com um, no mínimo, peculiar: o estilo pai fixe. Ao que parece, Kanye está a tentar perceber como é que o facto de ser um pai fixe se pode traduzir na sua carreira criativa. Embora FourFiveSeconds não esteja nomeada, é no videoclip desta música que vemos uma tentativa clara do artista experimentar novos passos de dança.

Björk complexa

tumblr_nl4ak1sJaL1rrmk7no1_r1_400

A cantora e compositora islandesa vê o seu álbum Vulnicura na lista de nomeados para Melhor Álbum Alternativo. O álbum está carregado de uma complexidade que talvez nunca estivesse prevista existir, ou não fosse este contar a história pessoal e psicológica do fim do relacionamento de 13 anos com o seu marido. É na música Lionsong que vemos como artifício técnicas eletrónicas que servem para transmitir euforia. Esta euforia está clara no seu movimento suportado por um arranjo aperaltado, e este foi um dos momentos que marcou este álbum.

A sabedoria de Florence

tumblr_nwmwupBpv91ryhzimo1_400

Nomeados para Melhor Performance Pop em Duo ou Grupo, este é o grupo que melhor sabe transmitir sabedoria através das suas letras e vídeos. Escolhemos um dos movimentos em Delilah, vídeo dirigido por Vincent Haycok e coreografado por Holly Blakey.

A letra brinca com um ser mitológico que se alimenta da força sexual feminina, e inverte o significado da figura bíblica que dá título à canção. No final, Florence (que interpreta o ser bíblico Delilah) liberta-se da sua dor através da dança e segue resiliente adiante, voltando ao princípio nas cenas do carro de What Kind of Man, e é esse movimento de libertação que decidimos incluir nesta seleção.

Quem viu e quem vê Maroon 5

M5

Em 1994, quando surgiu a banda Kara’s Flowers, não se imaginava que mais tarde o corpo atlético de Adam Levine e, claro, as músicas dos Maroon 5, movessem tantas multidões. O tema Sugar (do novo álbum V), conhecido pelo seu videoclip onde a banda invade casamentos e surpreende os noivos, rendeu-lhes uma nomeação para um Grammy este ano. É, porém, na This Summer Gonna Hurt Like a Motherfucker, filmada durante um concerto, que vemos Adam Levine bem descontraído e feliz enquanto dança e canta com o seu público.

O groove de The Weeknd

TW

Nomeado para sete Grammys e já reconhecido pelo seu excelente contributo para o R&B, The Weeknd deu que falar durante o último ano. Depois do sucesso de Earned It, no filme Fifty Shades of Grey, foi outro tema que nos mostrou como The Weeknd tem também alguma queda para a dança. É no videoclip de Can’t Feel My Face, motivo para duas das nomeações, que Weeknd nos surpreende com este ‘fogoso’ (e muito engraçado) movimento.

A mensagem motivacional de Kelly Clarkson

KC

O novo trabalho de Kelly Clarkson, Piece by Piece, rendeu-lhe já duas nomeações para a gala deste ano. No entanto, é no primeiro single do álbum de 2015, Heartbeat Song, que vemos Kelly a girar quase incessantemente. Num tema em que a cantora pretende passar a mensagem positiva para aqueles que sofrem com o fim dos seus relacionamentos amorosos, este é sem sombra de dúvidas, a melhor forma que ela podia ter de ilustrar que existe sempre uma solução… Um movimento que ‘grita’: “Vamos ser felizes!”.

Skrillex e Diplo, os reis da música electrónica

SKJB

Que Justin Bieber dança bem, que é aquele estilo de artista que acompanha os bailarinos nas coreografias das suas músicas e que, por isso, faz um show de todo o tamanho, isso nós já sabemos. Surpresa (muito positiva) foi a assinatura de Skrillex em muitas das músicas do álbum de Bieber. No entanto, foi antes Where Are Ü Now, de Skrillex e Diplo no projecto Jack Ü, que mereceu uma nomeação para Best Dance Recording (Melhor Gravação de Dança) nos Grammy deste ano. Como se não bastasse o som convidativo, um cenário carregado de cor, mensagens e simbolismos, tudo a cargo da produção brilhante do DJ americano, Bieber exibe alguns dos seus movimentos (como este) nos momentos mais altos do tema.

 

Escrito por Helena Moreira, Sara Bregieira e Teresa Serafim