A série que conta a história de Piper Chapman (Taylor Schilling) foi prolongada, na sexta-feira, por mais três temporadas, pelo menos. A encomenda das 5.ª, 6.ª e 7.ª temporada de Orange is the New Black foi garantida num comunicado de imprensa da Netflix.

Com a quarta temporada em produção e a estrear a 17 de junho, Orange is the New Black foi renovada até à sétima temporada e, por isso, estará no ar durante, pelo menos, mais três anos.

No comunicado de imprensa, Jenji Kohan, escritora e criadora da série, agradeceu a todos os membros da equipa: “Obrigada Netflix! Obrigada e de nada Lionsgate [produtora de Orange is the New Black]. Congratulo também, com gratidão, todo o elenco e equipa e escritores e produtores e editores e músicos e mixers e idiotas… com quem eu tive o orgulho e honra de desenvolver esta série.”

Além disso, mencionou também que três anos é tempo suficiente para manter a prisão de Litchfield interessante para os espectadores. Esta afirmação pode ser relacionada com o facto de a sentença da protagonista estar a acabar, deixando algumas dúvidas sobre o futuro do drama.

Uzo Aduba na entrega do seu Emmy. Fotografia: Hollywood Reporter

Uzo Aduba na entrega do seu Emmy. Fotografia: Hollywood Reporter

Piper Chapman (Taylor Schilling) tem partilhado cada vez mais o protagonismo com outras personagens com o passar das temporadas. A história de Orange is the New Black poderá passar pela exploração das restantes prisioneiras como a carismática Suzanne “Crazy Eyes” Warren (Uzo Aduba) que fez a atriz ganhar o Emmy do primetime de Melhor Atriz Convidada numa Comédia.

Os fãs de Orange is the New Black podem, então, descansar vendo garantido o seu entretenimento nos próximos anos, mas mantendo a ansiedade para verificar o desenlace desta trama dramática e humorística.