O Carnaval está aí à porta. Se este ano não queres ficar só a ver o corso passar e queres entrar no verdadeiro espírito carnavalesco, ensinamos-te agora alguns dos passos básicos de samba para começares já a treinar.

Surgido em plena época de colonialismo do Brasil, durante a segunda metade do século XIX, o Samba foi levado por negros que chegavam de África para integrar a mão de obra escrava. Dessa forma, o Samba de Gafieira (como deve ser chamado) define-se como uma das principais manifestações culturais populares brasileiras. É tocado com instrumentos de percussão, guitarra e cavaquinho e, há quem diga até, que resultou da fusão entre a valsa e o tango brasileiro: o Maxixe.

Apesar de já ter um importante lugar no mercado da música e da dança de competição, um pouco por todo o Mundo, atualmente ainda associamos este género musical ao Carnaval brasileiro. É nesta altura que, depois de meses de trabalho, as várias Escolas de Samba do Rio de Janeiro se juntam no sambódromo, durante duas noites cheias de festa e de muita competição.

Como não há melhor forma de celebrares esta época, o Espalha-Factos dá-te agora algumas dicas de que como o podes fazer de forma muito divertida e com muito samba no pé. Vamos apenas mostrar-te alguns dos passos do nível mais básico. Por isso, escolhe o teu par e vamos a isto!

Passo Básico

O passo mais básico deste estilo de dança consiste em fazer uma espécie de quadrado com os pés. Como? O par coloca-se em posição de dança, um de frente para o outro. No samba, os braços devem estar da seguinte forma: o elemento feminino com o braço direito ligeiramente esticado e com a mão esquerda no ombro do cavalheiro.

Por sua vez, o homem tem a sua mão direita nas costas do seu par e a mão esquerda conduz. Agora para fazer o passo, a ideia é “riscar” um quadrado no chão com os pés. O elemento masculino avança sempre com a perna esquerda até à perna direita e assim sucessivamente até completar o quadrado. A senhora acompanha-o, começando, ao invés, com a perna direita para a frente. Vê melhor aqui como se faz:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Vlvf5YhfjwY]

Passo Cruzado

Esta é uma variação simples e vem na sequência do passo saída lateral, em que o cavalheiro sai ao lado da dama quando está a terminar o seu passo básico para trás. Então como é este passo cruzado? Muito simples. Terminado o passo saída lateral, o cavalheiro abre ligeiramente a perna esquerda e a dama a perna direita virados um para o outro.

Seguidamente, o cavalheiro cruza à frente com a perna esquerda e a dama cruza atrás com a perna direita. É após este pequeno movimento que as pernas se cruzam lateralmente, um à frente do outro. Depois basta abrir as pernas de forma a que o par fique posicionalmente de frente um para o outro. A ideia deste passo é repetir esta sequência quatro vezes.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=aHOZslmT25s]

Passo Malandro 

Este passo tem origem na tradição do homem mostrar toda a beleza do seu par, ao mesmo tempo que a protege de outros homens que estejam também no salão. Começa com o passo básico que já referimos. No entanto, antes de completar o quadrado o cavalheiro deve colocar a perna direita para trás e conduzir o seu par para que este dê uma volta para trás. Enquanto o elemento feminino gira, o homem deve dar três passos à frente, acompanhando-a.

A senhora inicia também com o tal passo básico e, posteriormente, durante a volta, o movimento deverá ser feito assim: perna esquerda para trás, gira, perna direita para a frente e finaliza com a perna esquerda novamente colocada atrás.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=K-IXLvBRkqY]

Passo Caminhada

Existem diversos tipos de saída do passo caminhada, nomeadamente o passo da balança. O par deverá estar frente um para o outro para iniciar este passo e para começar devem balançar ao lado com uma das pernas para o lado esquerdo, pisar para suspender o movimento e voltar a balançar com uma das pernas para o lado direito, e terminar com uma saída ao lado. É após esta sequência que se inicia o passo caminhada, quando após a saída ao lado o par volta a estar frente a frente.

Um elemento do par deve cruzar a perna à frente com a perna direita, e o outro cruza à frente mas com a perna esquerda. Quem abriu com a perna direita vai agora abrir com a perna esquerda e o outro vice-versa, de forma a que o par fique de frente um para o outro. Parece complicado? O vídeo em baixo ajuda-te.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=TdGyr2Qippo]

Apanhaste? Se depois disto ainda não estás ao nível de uma verdadeira escola de samba, então simplesmente diverte-se! Afinal de contas é Carnaval e no Carnaval ninguém leva a mal.

Escrito por Helena Moreira e Sara Bregieira