A MONSTRA volta a andar à solta por Lisboa de 3 a 13 de março

A MONSTRA volta a andar à solta por Lisboa de 3 a 13 de março

Desde que nasceu em 2000, a MONSTRA tornou-se numa caso sério de sucesso. A 15.ª edição do Festival de Animação de Lisboa, que se inicia já no mês de março, só parece vir afirmar ainda mais o certame como um dos pontos altos da agenda cultural nacional. Contando com uma programação de mais de 600 filmes vindos de todos os cantos do mundo e várias homenagens, bem como um punhado de grandes iniciativas, a MONSTRA apresenta-se mais ambiciosa que nunca.

Um dos grandes destaques desta edição é, sem dúvida, a retrospetiva dedicada ao cinema de animação dos países da ex-Jugoslávia. O festival oferece um olhar sobre a Escola de Zagreb, uma das mais importantes no universo da animação, e sobre os novos talentos dos dias de hoje que tanto herdaram dela. No total, são 165 os filmes vindos da Croácia, Sérvia, Eslovénia, Macedónia, Bósnia e Herzegovina, Kosovo e Montenegro que constituem esta prometedora secção da MONSTRA, com principal foco em Dušan Vokotić, realizador oscarizado na década de 60, que tem direito à sua própria retrospetiva.

Já na competição de longas-metragens, O Profeta apresenta-se como um dos principais pontos de interesse. A adaptação do romance homónimo de Khalil Gibran está divido em vários capítulos, cada um realizado por um cineasta diferente, num projeto liderado por Roger Allers que conta com Liam Neeson como voz principal. Entre os realizadores de O Profeta encontra-se Bill Plympton, nome de relevo no cinema de animação independente, que vem a Lisboa apresentar também novas curtas e ainda a sua mais recente longa, Revengeance, numa versão ainda não finalizada. Como não podia deixar de ser, os míticos estúdios Ghibli marcam também presença na MONSTRA, fazendo-se representar pela sua última produção, Memórias de Marnie, que se encontra indicado ao Oscar de Melhor Filme de Animação.

Por sua vez, a competição de curtas-metragens dividir-se-á em cinco sessões e conta com vários filmes portugueses entre os inúmeros candidatos ao prémio final. Entre eles destaca-se Estilhaços, de José Miguel Ribeiro, em estreia absoluta.

Estilhaços
Estilhaços, de José Miguel Ribeiro

As restantes secções da MONSTRA prometem igualmente trazer miúdos e graúdos às salas do Cinema São Jorge. Metropolis, de Rintaro, Viagem de Chihiro, do mestre Hayao Miyazaki, e When the Wind Blows, de Jimmy Murakami, são os principais filmes da secção Históricos do festival. Em Pais e Filhos, decorrerá a antestreia de Minúsculos: O Vale das Formigas, filme baseado na série televisiva transmitida em Portugal. Por fim, o documentário sobre o realizador Karel Zeman poderá ser visto dentro do programa da DokAnim.

Para esta 15.ª edição regressa também a MONSTRINHA, que voltará a trazer inúmeros alunos ao cinema para assistir às sessões especiais. Uma das novidades são as sessões contínuas e gratuitas para bebés, que permite aos pais e aos seus filhos a fácil entrada e saída da sala. A MONSTRA Universitária destina-se aos jovens do ensino superior e levará uma programação especial à Faculdade de Belas Artes e Universidade Lusófona, entre muitas outras. De regresso encontra-se igualmente o Cinema Mais Pequeno do Mundo, que retorna à Praça Luís de Camões com um conjunto de filmes dedicados à Primeira Guerra Mundial e uma competição de curtas que competem pelo Amendoim de Ouro.

Mas não só de filmes vive o festival. Desde workshops a exposições, o que não falta é oferta para agradar a um vasto público. O Museu da Marioneta e a Fábrica do Braço de Prata juntam-se à MONSTRA para acolher, respetivamente, Little from the fish shop e 90 Anos de BD – Animação Croata, duas exposições que abrem já este mês de fevereiro e se prolongam até março. No Cinema São Jorge, comemoram-se os 25 anos das produtoras Animanonstra e ANIMAIS através de duas mostras a elas dedicadas.

Também a música tem papel principal no certame. Uma das principais novidades deste ano é a secção Jazz e Animação, a realizar no Hot Club Portugal, com filmes musicados ao vivo, e no Cinema Ideal, que organiza masterclasses sobre o tema. Já o ClipAnim apresenta uma programação assinada por Noiserv recheada de videoclips de animação de artistas como Björk e Radiohead.

Razões não faltam portanto para acompanhar a MONSTRA 2016, que andará à solta por Lisboa de 3 a 13 de março, percorrendo depois o resto do país. A programação completa e todas as informações relativas ao festival encontram-se no seu site oficial. Aos mais ansiosos e impacientes, relembramos que dia 26 de fevereiro toma lugar no pátio da Escola Secundária Luís de Camões o Bike In, uma sessão ao ar livre gratuita para quem aparecer de bicicleta.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Audiências Porto x Chelsea
Audiências. FC Porto volta a puxar TVI para a liderança