O sindicato já nos tinha antecipado que a cerimónia dos Screen Actors Guild Awards iria ser marcada por uma homenagem a Carol Burnett pela sua prestigiada carreira. Quanto à passadeira vermelha, não podíamos antever nada. Mesmo depois de tantas red carpets que já cobrimos, este ano, não conseguimos detetar tendências que nos permitissem prever os looks desta noite. Os resultados foram, ainda assim, surpreendentes (maioritariamente, no mau sentido).

OS MELHORES

Alicia Vikander

Sim, o vestido de Alicia Vikander tem muito brilho. Sim, as cores não parecem ter nada em comum. E, sim, o padrão nem é nada de extraordinário. Mas a verdade é que a combinação de todas estes traços banais, resultou num vestido fabuloso.

Kate e Rooney Mara

https://www.instagram.com/p/BBLxXcdxhln/?tagged=katemara

O que é que eu tenho dito acerca de Valentinos? Resultam sempre! E cá estão as irmãs Mara para corroborar a minha teoria. Os decotes caraterísticos da coleção e a forma como os vestidos caem ao longo do seu comprimento são de deslumbrar.

Sarah Paulson

https://www.instagram.com/p/BBLvldbFt6_/?tagged=sarahpaulson

A atriz de American Horror Story é um desafio no que toca a passadeiras vermelhas. Num evento está na lista dos piores, noutro sobe para a dos melhores. Sabemos que Sarah Paulson não é apreciadora de básicos, tendendo mais para os vestidos extravagantes. Deste vez, a sua extravagância acertou no ponto.

Rachel McAdams

Parece que a passadeira vermelha dos SAG Awards foi usada para as celebridades se redimirem dos looks usados em cerimónias do início do ano. Rachel McAdams foi uma delas ao usar este vestido transparente com largos apontamentos pretos.

Marisa Tomei

https://www.instagram.com/p/BBLwsz9lt9Z/?tagged=marisatomei

Depois da tentativa de ser a Julia Roberts, nos Critics’ Choice Awards, deste ano, Marisa Tomei lá se redimiu e cobriu as suas pernas com 50 anos de existência. Porém, está visto que a atriz não gosta de estar muito tapada pelo que não resistiu a um vestido com uma longa racha e elegante decote.

 

OS PIORES

January Jones

Se não tivesse tido a oportunidade de contemplar a magreza de January Jones na série The Last Man on Earth, em que participa, diria que a atriz tinha ganho alguns quilos. É o que acontece quando decidimos levar metros e metros de tecido  a passear  pela passadeira vermelha dos SAG Awards.

Gwendoline Christie

Depois do desastre de Natalie Dormer nos Globos de Ouro, deste ano, creio que o elenco de Game of Thrones está empenhado em criar o legado do Game of Worst. Agora Gwendoline Christie veio certificar-me da minha desconfiança com este vestido cujas proporções e corte em nada são apropriados para uma mulher tão alta.

Ellie Kemper

Parece que Ellie Kemper não conseguiu deixar o estilo extravagante e colorido da personagem que interpreta na série Unbreakable Kimmy Schmidt. Nas palavras da própria, o vestido fá-la dez anos mais nova. Eu diria que a traz de volta à infância.

Nicole Kidman

Se há imagem de Nicole Kidman que ficou, para sempre, gravada na minha memória foi a de um vestido Louis Vuitton amarelo com um cinto vermelho que a atriz usou numa red carpet qualquer. A partir daí, soube que nunca poderia depositar as minhas esperanças em Kidman. A prova está neste misto de cores e acessórios.

Kiernan Shipka

Dizer que se parece com um cortinado é tão cliché que me custa escrevê-lo. É justificação universal para não gostar de um dado vestido “Que vestido tão feio! Parece o cortinado da minha avó/tia/mãe.”. Mas há maneira diferente de descrever o vestido de Kiernan Shipka?