A Companhia Nacional de Bailado (CNB) apresenta a partir de amanhã o Programa Reportório dedicado a grandes mestres da História da dança do século XX. A companhia sai do Teatro Camões e sobe ao Norte para ocupar o  Rivoli (Porto) com Serenade de BalanchineGrosse Fuge  de Anne Teresa De Keersmaeker,  Herman Schmerman de William Forsythe5 Tangos de Hans van Manen.

Descentralizar e retomar a tradição de reportório são os dois objetivos que a CNB quer alcançar com este programa. A estreia acontece no Porto dia 29 de janeiro, mas entre 5 e 20 de fevereiro o Programa Reportório poderá ser visto no Teatro Camões.

Balanchine, Keersmaeker, Forsythe e van Manen são nomes sonantes da dança. Cada um com as suas características e tendo criado um pedaço de história, este é um espetáculo de aprendizagem e de ensinamento de dança através das coreografias históricas.

“A belíssima e feminina Serenade de Balanchine que contrasta com a energia masculina de Grosse Fuge de Anne Teresa De Keersmaeker, a abstração de William Forsythe com um dueto virtuosístico e a inspiração latina de 5 Tangos de Hans van Manen são uma janela aberta para o que de melhor se produziu no séc. XX”, pode ler-se no site da Companhia Nacional de Bailado.

A estreia está marcada para dia 29 de janeiro, às 21h30, no Rivoli. No dia 30 de janeiro, o espetáculo realizar-se-á às 19h. No Teatro Camões podes ver este programa nos dias 5, 6, 12, 13, 19 e 20 de fevereiro às 21h e no dia 7 às 16h. Podes adquirir os bilhetes, aqui.