541559_1462814117350838_3426336004107270024_n

Lisboa Passport dinamiza experiência turística na capital

O Lisboa Passport é uma iniciativa que surgiu com o intuito de registar a experiência dos turistas que visitam a capital portuguesa e que funciona ao estilo de um diário de viagem. Caracteriza-se por permitir carimbar as atrações turísticas que vão sendo conhecidas e por proporcionar descontos.

Em declarações à Agência Lusa, o responsável do projeto e informático, Nuno Martins, diz que o Lisboa Passport procura ser “uma boa recordação e uma recordação dinâmica, em que as pessoas escrevam, carimbem, colem coisas”.

O Lisboa Passport terá as dimensões de um diário de bolso e 32 páginas onde estarão retratados eventos marcantes da história da cidade. O documento terá também um mapa de locais emblemáticos a serem visitados com os respetivos carimbos a serem atribuídos numa lógica de “turismo por objetivos”, segundo Nuno Martins.

Esta ideia começou a ser desenvolvida em 2012, altura em que Nuno Martins foi dispensado de uma empresa em que trabalhava há cerca de 10 anos, em Lisboa, decidindo de seguida fazer um inter-rail pela Europa durante um mês para refletir sobre que rumo dar à sua vida.

A ideia foi inspirada no passaporte Expo’98 e trata-se de uma adaptação do mesmo à cidade inteira.

Através do programa Lisboa Empreende da Câmara Municipal, o informático conseguiu ter apoio institucional para avançar e, em junho de 2015, a iniciativa foi lançada no mercado, inicialmente com 18 entidades envolvidas.

Apesar do produto ter sido desenvolvido a pensar nos turistas, Nuno Martins partilha da opinião de que pode ajudar os lisboetas a olharem de forma diferente para o seu próprio património.

O Lisboa Passport tem o custo de seis euros e contempla descontos em cerca de 30 entidades diversas.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
A Floresta das Almas Perdidas
‘A Floresta das Almas Perdidas’: filme português chega à HBO Portugal