O filme de Wonder Woman está em desenvolvimento há muitos anos, mas parece que está finalmente a ser concretizado, graças ao interesse da Warner Bros. em criar um universo cinemático semelhante ao da Marvel

Apesar de Gal Gadot se estrear no papel em Batman vs Super-Homem: O Despertar da Justiça, parece que o filme de Wonder Woman se vai passar durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918)

Esta atualização do projeto foi dada por Chris Pine (Star Trek e Imparável), que afirmou que, no cinema, a Guerra Mundial que é geralmente usada é a Segunda e diz ainda que no filme “há cenas com cerca de 500 extras, todos vestidos em roupa de época“.

Pine vai interpretar Steve Trevor, geralmente visto nas bandas desenhadas como sendo um piloto de aviões e o parceiro romântico de Wonder Woman. Acerca da sua personagem, o ator disse que “é um cínico e realista que viu a natureza violenta da civilização moderna” e que é uma pessoa “charmosa e viajada“. Relativamente ao filme em si, diz que vai ser “divertido“, mas que também irá ter “temas complexos, interessantes e relevantes“.

A juntar-se ao elenco está ainda Connie Nielsen (Ninfomaníaca) a interpretar Hippolyta, mãe de Wonder Woman e rainha das amazonas. A escolha da atriz pode dever-se a ela ter já interpretado um papel de realeza em Gladiador (2000).

Wonder Woman só terá a sua estreia em 2017, mas, antes disso, a personagem vai aparecer em Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça, cuja data de lançamento em Portugal está prevista para 24 de março.