Emma Watson ficou conhecida como a Hermione nos filmes de Harry Potter, tem dado que falar como Embaixadora da Boa Vontade da ONU e agora começa um clube de leitura feminista no Twitter. Our Shared Shelf é o próximo desafio da atriz.

Tudo começou no dia 6 de janeiro, quando a atriz comunicou a vontade de formar um clube de leitura feminista. A sua proposta teve logo uma forte adesão e nomes bem conhecidos a apoiá-la, como a atriz Sophia Bush ou a cantora Kate Voegele. Para além do pedido de participação, Emma Watson também sugeriu que se fizesse um brainstorming de nomes para o grupo.

Um dia depois, a atriz anunciou o nome do clube e o primeiro livro a ser lido. Our Shared Shelf foi a sugestão escolhida, depois de propostas como Watson Your Shelf  ou Hermione’s Army. A atriz felicitou a autora do nome, @emilyfabb, e elegeu o livro My Life on the Road, da feminista americana Gloria Steinem, como obra inaugural do clube.

Na sua última publicação no Twitter, a atriz prometeu mais detalhes em breve. Já se sabe que Emma Watson convidou celebridades como Taylor Swift e JK Rowling para se juntarem ao clube, mas ainda não há confirmações.

Emma Watson já não é a primeira celebridade a formar um grupo do género. Se o clube da atriz será com obras feministas, Gwyneth Paltrow já o fez com livros de cozinha, Reese Witherspoon formou um clube com livros adaptados ao cinema e Mark Zuckerberg organizou um grupo sobre livros que suscitassem o ensinamento de “diferentes culturas, crenças, histórias e tecnologias”, como o próprio revelou.