O Algo_Ritmo Musical entrou em 2016 com mais música, claro. Para a primeira Discover Weekly deste ano, o Spotify presenteou-me com algumas músicas já familiares, outras nem tanto e até um remix de uma música da Discover Weekly de há umas semanas. O sacana adivinha-as todas…

Chess – Petite Noir – Chess

Mãe angolana, pai do Congo, nascido em Bruxelas e criado na Cidade do Cabo, na África do Sul, a partir dos seis anos. Com tantos países, claro que a música de Petite Noir tinha tudo para ser um caldeirão universal. Chess é um dos temas centrais de um álbum de estreia intitulado La Vie Est Belle – tão bela quanto este álbum. Não foi propriamente uma descoberta, mas claro que me chamou à atenção.

[youtube https://youtu.be/hCpkCLhZIJ0]

Lines – The Hics – Tangle

Um grupo londrino, com um EP chamado Tangle, com uma electrónica que roça ali no soul – os The Hics em linhas gerais. O EP é de 2013 e é uma delícia.

[youtube https://youtu.be/fakxhTwgILE]

Postpartum – Taylor Mcferrin – Early Riser

Por norma, tenho o Spotify minimizado, só costumo olhar quando há alguma música que prenda a atenção. Aconteceu com este tema de Taylor Mcferrin, do álbum de 2014. A primeira coisa foi rir com o título. A segunda foi abrir o perfil do artista e olhar para os relacionados – Lapalux e Shlohmo. Não gosto nada, nada mesmo – ênfase na ironia. Tem tudo para resultar e já anda a rodar a discografia no Spotify desta vida.

[youtube https://youtu.be/5CEocRDSXn8]

The Girl Who Stole My Tamagochi – Hot Sugar – Moon Money

Claro que vale um lugar aqui só pelo título. Hot Sugar é Nick Koenig, um nova-iorquino com um catálogo já bem composto, com vários álbuns à escolha. Esta The Girl Who Stole My Tamagochi é do álbum Moon Money, onde figura ao lado de outros títulos tão bons quanto The Kid Who Drowned at Camp ou There’s a Man at the Bottom of the Stairs.

[youtube https://youtu.be/NF6PPz8LunY]

Out Getting Ribs – King Krule – 6 Feet Beneath The Moon

Se continuo sem perceber como é que um miúdo com (na altura) 15 anos é capaz de algo como isto? Continua a ser um mistério. Se não tinha nada a ver com a imagem mental que fiz quando ouvi as primeiras coisas do ainda Zoo Kid? Também é verdade, passaram anos, mas ainda há ali qualquer coisa que não corresponde. Não era descoberta, mas a piada é que Out Getting Ribs agora relembra-me sempre o prato favorito de Frank Underwood, da série House of Cards.

[youtube https://youtu.be/L9wLrAtcd6Y]

Nota: há umas semanas, o Spotify tinha-me sugerido a música Crow dos +18. Esta semana, voltei a ouvir os corvos característicos desta batida e pensei «bem, será que isto afinal não funciona assim tão bem e repetiu músicas?». Era só um remix baseado na tal música que foi rapidamente adicionada a uma playlist de favoritos do Discover, há umas semanas.

[youtube https://youtu.be/Y1WUhED77iE]