Quer tenhas tido muito ou pouco dinheiro no sapatinho, 2016 promete muitos concertos para todos os portugueses fãs de música e é sempre bom estares informado.

É ano de Rock in Rio, o que, invariavelmente, leva a que tenhamos um concorrente NOS Alive forte – e uma promotora do festival, a Everything Is New, ainda mais forte, com um ano, que ainda não começou, ao mais alto nível, “roubando” vários potenciais nomes ao Rock in Rio.

O festival que comemora em 2016 os seus 30 anos, em Portugal já tem nomes confirmados como os Queen, com o vocalista Adam Lambert, Maroon 5 e o super-grupo The Hollywood Vampires… mas a Everything is New já confirmou para Portugal em 2016 concertos de Adele, Muse, AC/DC, Florence & The Machine, Macklemore & Ryan Lewis, Justin Bieber, Iron Maiden, Kygo, The Cure, Kodaline, Hozier, Machine Head, The Tallest Man On Earth, Boyce Avenue, Eagles Of Death Metal, Fat Freddy’s Drop, e Jack & Jack.

Isto sem contar com os Pixies, Foals, Father John Misty, José González, Years & Years, The 1975, Wolf Alice e M83 no NOS Alive, além de todos os nomes ainda por confirmar no festival do Passeio Marítimo de Algés. Ufa.

Mais ainda. A Everything Is New marcou duas datas de concertos de Adele no MEO Arena para um dos fins-de-semana em que acontece o Rock in Rio, sendo que há uma data coincidente – 21 de maio. Uma das maiores artistas da atualidade atua pela primeira vez em Lisboa no mesmo fim-de-semana que acolhe o Rock in Rio. Claramente, a Everything Is New está na frente, dado que o festival de Roberta Medina ainda só tem três nomes confirmados.

Os Iron Maiden, com novo disco, encabeçariam perfeitamente o dia do metal no Rock in Rio – caso ainda subsista – e os AC/DC nalgum dia mais virado para o ambiente original do Rock (!) in Rio. Referências pop atuais como Adele, Justin Bieber ou Macklemore & Ryan Lewis também assentariam que nem uma luva como cabeças de cartaz dos dias mais pop do festival que volta em 2016 ao Parque da Bela Vista. Mas a Everything Is New adiantou-se e desfez todas estas possibilidades. Esperemos para ver o que o Rock in Rio nos traz.

Noutros palcos, o Sumol Summer Fest, na Ericeira, já confirmou Madcon, Elliphant e Azealia Banks, pelo que promete manter a linha da edição anterior, com hip-hop e música negra contemporânea, além de pop alternativa ao topo da indústria musical.

O Marés Vivas de 2016 traz-nos Sir Elton John, Lost Frequencies e o português Dengaz, enquanto o Sudoeste, na sua já 20.ª edição, promete manter a tendência dos últimos anos, com a música house como estandarte, com a confirmação de Martin Garrix.

E o Super Bock Super Rock tem um trunfo de gigante. De Compton para o MEO Arena, no dia 16 de julho. Kendrick Lamar é um dos – senão “o” – principais nomes da música em 2015, com o álbum To Pimp A Butterfly a abrir a porta do mainstream do rap norte-americano, simultaneamente desafiando normas musicais e do establishment da indústria musical e da sociedade. O rapper que soma 11 nomeações nos Grammys atua no mesmo festival que The National, Mac DeMarco, Jamie XX, Bloc Party e Kurt Vile.

Ainda não há nomes confirmados para o festival do ano de 2015 dos Portugal Festival Awards – o Vodafone Paredes de Coura – nem para o NOS Primavera Sound, da mesma organização, da Ritmos & Blues.

Ainda vai correr muita tinta sobre os nomes que poderemos ver em Portugal no próximo ano, mas, uma coisa é certa, 2016 promete.

Photo credit: snorski via Visualhunt.com / CC BY-NC-SA