A Rádio Comercial e a RFM voltaram a aproximar-se na luta pelo mercado de rádio em Portugal. A estação liderada por Pedro Ribeiro manteve-se em primeiro, mas a vantagem encurtou para 0,2 pontos percentuais. 

16% de Audiência Acumulada de Véspera (AAV) foi quanto somou a Comercial, contra 15,8% da RFM, que alcançou o seu melhor resultado de sempre. Os dados são medidos pelo Bareme Rádio da Marktest.

A RFM chegou mesmo a ultrapassar a Comercial nos números relativos ao reach semanal, com 33,9 contra 32,2% e ainda no share de audiência, índice relativo à percentagem de tempo gasto a ouvir uma determinada estação tendo em conta o tempo total de escuta de rádio. Neste último índice somou 24,6% contra 22,1% dos concorrente da Sampaio e Pina.

Rádio Comercial não larga a liderança das audiências em Portugal desde 2012, quando superou a RFM pela primeira vez. Desde aí, a disputa tem sido renhida, mas sempre com vantagem para a estação que se ouve “em casa, no carro, em todo o lado“. Até agora.

Grupo r/com é líder de mercado

A subida da RFM contribuiu para a manutenção da liderança do Grupo r/com, ao qual pertencem a Renascença, a RFM, a Mega Hits e a Rádio Sim. As estações do grupo somam 24,4% de AAV, 37,8% de share e 49,2% de reach semanal.

A Media Capital Rádios, que junta Rádio Comercial, M80, Cidade, Smooth e Vodafone FM ficou-se pelos 21,9% de AAV e 31,8% de share.