Once-Upon-a-Time-Episode-5-11-Swan-Song-once-upon-a-time-39095042-3000-2001

Once Upon a Time 5×11: a caminho do Submundo

Once Upon a Time fechou a primeira metade da sua quinta temporada com o novo episódio intitulado Swan Song, o qual estreou no canal ABC no dia 6 de Dezembro. Relembrando que a série, em Portugal, intitula-se Era Uma Vez, no canal AXN White.

A cidade de Storybrooke, graças a Hook (Colin O’Donoghue), foi assaltada por todos os Dark Ones que já existiram. Eles apenas conseguirão ficar neste mundo se trocarem de lugar com seres vivos, os quais por seu turno serão transportados para o Submundo. Os vilões conseguem fazê-lo, deixando uma marca em todos os nossos heróis – David (Josh Dallas), Mary Margaret (Ginnifer Goodwin), Henry (Jared Gilmore), etc. -, dando-lhes apenas uma questão de horas até serem transportados para o inferno.

Once-Upon-a-Time-Episode-5-11-Swan-Song-once-upon-a-time-39095090-3000-2000

No passado, na Floresta Encantada, assistimos à cena em que Hook, em criança, é abandonado pelo pai, Brennan (actor convidado Adam Croasdell). Já um homem feito, o pirata é contratado por Regina (Lana Parilla) para matar Cora (a mãe de Regina, a qual tem sido interpretada por Barbara Hershey). Regina sabe que o pai de Hook é a sua única fraqueza e obriga-o a livrar-se dela. É seguro dizer que já todos tínhamos saudades de ver Regina na pele de Rainha Má.

De volta a Storybrooke, Zelena (Rebecca Mader) anuncia a Regina e a Robin Hood (Sean Maguire) que pretende obter custódia total da sua filha e que será capaz de sobreviver ao ataque dos Dark Ones, ficando então encarregue de Storybrooke. A situação rapidamente se resolver quando Regina usa a Varinha do Feiticeiro para enviar Zelena de volta para Oz. Uma solução que pareceu demasiado rápida e absurda, mas fico contente por nos vermos livres de Zelena. Ela já deu o que tinha a dar.

Na Floresta Encantada, Hook confronta o seu pai, o qual lhe diz que é agora um homem mudado, casado e com um filho. O pirata decide perdoá-lo mas, ao segui-lo até casa, apercebe-se de que ele mentira e que planeava abandonar também a sua família actual. Hook decide matá-lo, tornando-se no homem impiedoso que é hoje, mas à medida que Brennan morre, diz que nunca é tarde demais para mudar.

Once-Upon-a-Time-Episode-5-11-Swan-Song-once-upon-a-time-39095073-3000-2001

Em Storybrooke, a corrida contra o tempo obriga Emma (Jennifer Morrison) a agir depressa. Enquanto a sua família se despede, aproveitando os últimos momentos juntos, a protagonista recebe a espada Excalibur de Gold (Robert Carlyle), com o objectivo de se sacrificar a si própria e, consequentemente, a toda a magia negra. O momento aguardado chega quando os protagonistas são transportados para o lago e a sua viagem para o Submundo está prestes a ser iniciado.

Claro que há sempre uma maneira de dar a volta às coisas. Regina relembra Hook do episódio com o seu pai, dizendo-lhe que ele é um homem que valoriza família acima de tudo. Desta forma, o pirata usa Excalibur para extrair a escuridão de todos os Dark Ones, prendendo-os na espada. Pede então a Emma que o mate, de modo a acabar com a situação de uma vez por todas e para que possa morrer enquanto herói. Em lágrimas, Emma assim o faz, destruindo todos os Dark Ones – incluindo a escuridão dentro de si própria e voltando ao seu estado normal -, à medida que Hook morre nos seus braços.

Tudo isto foi uma viagem altamente emocional mas claro que o público não está preparado para se despedir de uma das personagens mais importantes da série. Assim, no dia seguinte, Emma encontra-se com Gold, o qual revela que Excalibur servira como um meio para absorver toda a magia negra e que ele próprio entretanto produzira uma nova adaga. Gold é então novamente o Dark One, mas desta vez mais poderoso do que nunca, pois possui o poder de todos os seus antecessores. Esta foi provavelmente uma das melhores partes do episódio.

maxresdefault

Emma ameaça contar a verdade a Belle (Emilie de Ravin) e chatangeia Gold, obrigando-o a conduzi-la até ao Submundo, com o objectivo de resgatar Hook. A protagonista é ajudada por Mary Margaret, David, Regina, Robin Hood, Henry e o próprio Gold, e a equipa aproxima-se então do lago, de onde surge o barco que os conduz para o Submundo.

Este mid-season finale de Once Upon a Time não foi propriamente satisfatório, na medida em que parece ter apenas juntado pequenos pedaços de episódios anteriores, não tendo sido completamente original. O sacrifício de Hook remonta ao sacrifício da Rainha do Gelo na quarta temporada. A viagem ao Submundo faz-nos lembrar da viagem para a Terra do Nunca no final da segunda temporada. A estadia de Emma enquanto Dark One foi tudo menos convincente – direi até que ela manchou o nome de todos os Dark Ones. A saída de Zelena foi ridiculamente brusca.

Ainda assim, temos elementos bastante positivos no meio disto tudo. O regresso de Gold como Dark One era algo pelo qual o público esperava há imenso tempo. Para além disso – e tal como podemos ver no vídeo promocional para o próximo episódio -, a viagem ao Submundo significa um reencontro com todas as personagens mortas, entre elas Cora, Peter Pan, Cruella de Vil, entre muitas outras. Adicionalmente, todos sabemos o que é que o Sumundo significa… exacto, uma visita ao universo de Hércules! Os actores que interpretarão Hércules e Megara já estão confirmados, e a série está em negociações para encontrar um Hades.

Tudo isto me deixa extremamente ansioso para o regresso de Once Upon a Time, que será a 6 de Março.

NOTA: 7/10

 

Mais Artigos
Manuel Luís Goucha apresenta Você na TV!.
TVI lança dupla para substituir Manuel Luís Goucha nas manhãs