Annie Hall
Annie Hall

“Annie Hall” tem o guião mais engraçado alguma vez escrito

A Writer’s Guild of America (WGA), um grupo representante de escritores e argumentistas nos Estados Unidos da América fez uma lista com o que eles consideram ser os “101 guiões mais engraçados alguma vez escritos”. Annie Hall (1977), um clássico de Woody Allen, ficou em primeiro lugar na lista.

Annie Hall foca-se num comediante Nova Iorquino que tenta compreender a razão do seu romance com a personagem titular ter falhado. Lançado em 1977, o filme arrecadou quatro Oscars da academia, incluindo o de melhor filme e melhor realizador.

Em segundo e terceiro lugar na lista ficaram Quanto Mais Quente Melhor (1959), um clássico com Marilyn Monroe, e O Feitiço do Tempo (1993). que estrelou Bill Murray. No total, sete filmes de Allen (incluindo Annie Hall) foram parar a esta lista: O Inimigo Público (1969), Bananas (1971), O Herói do Ano 2000 (1973), Nem Guerra, Nem Paz (1975), Manhattan (1979) e O Agente da Broadway (1984).

Lowell Peterson, um dos diretores executivos da WGA teve o seguinte a dizer em relação à escolha de Annie Hall:

Eu acho que é uma combinação da sensibilidade única do Woody e do seu compromisso para com o drama, bem como para com a comédia. Annie Hall é um guião completo nesse sentido; isto deve-se à sua sublime intersecção entre personagens interessantes, conflito dramático e excelentes piadas. Apesar de não ser o seu único filme a combinar essas coisas, eu acho que Annie Hall talvez seja o que o faz melhor.

A lista apresentou uma grande variedade de filmes, independentemente da altura em que foram lançados, e tem até alguns mais recentes como A Ressaca (2009) e A Melhor Despedida de Solteira (2011). Pode ser visualizada na sua totalidade no site oficial da WGA.

Mais Artigos
Soraia Chaves é a Generala.
Crítica. ‘A Generala’: a identidade em todos os ecrãs