Nimue é a nova personagem introduzida no universo de Once Upon a Time – em português, Era Uma Vez, no AXN White – e também o nome do novo episódio da série, estreado no dia 8 de novembro no canal ABC, rivalizando amor e poder de uma forma que nunca vista na série.

Num passado longínquo, vemos que Merlin (Elliot Knight) teve acesso ao Santo Graal, percebendo então que era um poderoso feiticeiro e que se tornara imortal. 500 anos mais tarde, Merlin é introduzido a Nimue (Caroline Ford), uma jovem charmosa que escapou de uma vila em chamas, destruída por uma entidade mascarada chamada Vortigan. Merlin decide ajudar a rapariga e volta à sua aldeia, procurando vingança.

Once-Upon-a-Time-Episode-5-07-Nimue-once-upon-a-time-39001378-3000-2001

Entretanto, no universo de Camelot, os restantes heróis tentam roubar a famosa espada Excalibur de Arthur (Liam Garrigan) e Merlin leva Emma (Jennifer Morrison) numa missão para recuperar a chama necessária para reunir a espada com a adaga de Dark One.

Os heróis – Regina (Lana Parilla), David (Josh Dallas), Hook (Colin O’Donoghue) e Robin Hood (Sean Maguire) – encontram uma entrada para o castelo, mas recebem uma emboscada de Zelena (Rebecca Mader), quando esta decide atacar Mary Margaret (Ginnifer Goodwin) e usá-la como isco.

Zelena até tem os seus momentos importantes, mas a sua personagem devia ter ficado na terceira temporada – ela, definitivamente, já deu o que tinha a dar.

No passado, Merlin e Nimue continuam a sua viagem até à aldeia, chegando a Prometheus, o local onde se encontra a chama capaz de formar Excalibur. Ao produzir a espada, Merlin é surpreendido por Vortigan, que também se encontra atrás dela. Nimue tenta resistir a Vortigan e é atacada durante a batalha, morrendo. Ainda assim, enquanto Vortigan e Merlin travam um combate, Nimue arranca o coração de Vortigan e esmaga-o.

Em curtos flashbacks, somos informados que Nimue bebera do Santo Graal, ganhando então poderes mágicos e tendo simulado a sua morte. Ao esmagar o coração de Vortigan, Nimue torna-se a primeira Dark One, partindo Excalibur em duas partes (a espada e a adaga), para que ninguém tivesse o poder para a controlar. Once Upon a Time tem vindo a introduzir estas pequenas reviravoltas em todos os episódios e resta-me simplesmente aplaudir o trabalho genial dos criadores!

Em Camelot, quando Merlin e Emma chegam a Prometheus, são surpreendidos com a chegada de Nimue, que surge como a voz da consciência de Emma. A protagonista resiste ao ataque da antagonista e consegue roubar-lhe a chama, o ingrediente necessário para unir a adaga e a espada. De volta ao castelo, os heróis apercebem-se que Artur e Zelena têm estado a trabalhar juntos e ambos invocam Merlin, que afasta os protagonistas do cenário e consegue manter Excalibur intacto.

la-et-st-scenes-from-once-upon-a-time-season-5-022

O episódio termina com uma cena no tempo presente, em Storybrooke. Emma dirige-se à cave da sua casa e, usando a chama roubada, tenta unir a espada com a adaga. Com o incentivo de Rumplestiltskin (Robert Carlyle), Nimue e todos os passados Dark Ones, Emma cumpre o seu objetivo: restaura a espada e torna-se a mais poderosa Dark One que o universo da série terá de enfrentar.

O novo episódio de Once Upon a Time veio sublinhar os aspetos muitos bons e muito maus que a série tem vindo a apresentar até agora. Zelena já teve o seu tempo de antena e precisa urgentemente da reforma. Emma não é uma Dark One convincente, não chegando sequer aos calcanhares de Rumplestiltskin. Merlin parece ser um pãozinho sem sal e uma personagem altamente subordinada, para aquilo que é suposto ser o maior feiticeiro de todos os tempos.

Por outro lado, Nimue foi uma adição interessante à série, trazendo as características de antagonista das quais tínhamos tantas saudades. Foi bom ver os heróis a trabalhar em conjunto e espero que os próximos episódios tenham mais momentos em equipa como este – de preferência, sem interrupção de Zelena.

NOTA: 7/10