O realizador Koji Fukada apresentou no Festival Internacional de Cinema de Tóquio o filme Sayonara: o primeiro da história do cinema que tem um andróide como protagonista.

Baseado numa peça de teatro de Oriza Hirata, a história retrata um Japão a meio de uma evacuação devido a explosões nucleares. A protagonista, o robô Geminoid-F no papel de Leona, acompanha Tania (a atriz Bryerly Long), uma refugiada sul-africana, contaminada pela radiação. Ambas as atrizes já tinham contracenado na peça que passou pelo Japão, Austrália, EUA e também pela Europa.

Geminoid-F, que tem um esqueleto feito de metal e a pele de silicone, consegue falar e produzir expressões faciais humanas. O movimento é-lhe proporcionado por uma cadeira de rodas.

Sem data de estreia para Portugal, Sayonara chega às salas de cinema japonesas a 21 de novembro.

Enquanto não surge a versão legendada, mata já a curiosidade com o trailer na língua original do filme: