MUVI Lisboa regressa com muitas novidaddes, novas secções e grandes clássicos

MUVI Lisboa regressa com muitas novidades, novas secções e grandes clássicos

O MUVI Lisboa – Festival Internacional de Música no Cinema está de volta ao Cinema São Jorge para uma segunda edição que promete superar em qualidade e variedade a primeira. De filmes mais recentes até aos clássicos, não faltam motivos para vir ver e ouvir o que o festival tem para oferecer.

A competição oficial volta a dividir-se entre as longas-metragens nacionais e internacionais, na secção Odisseias Musicais. Dentro da primeira categoria, destacam-se A um passo da loucura: Punk em Portugal 78-88, de Hugo Conim e Miguel Newton, sobre o movimento musical que se iniciou no nosso país há cerca de quarenta anos, e Porque Não Sou o Giacometti do Século XXI, de Tiago Pereira, que recentemente passou no Doclisboa. A dupla Gonçalo Tocha e o Dídio Pestana regressa também ao MUVI para apresentar Música Moderna — Um filme em disco de TochaPestana, isto depois de no ano passado terem dado a conhecer o seu álbum de estreia.

Creative Despite War, de Ruì Díaz e Christian Rinke-Lazo, que acompanha a vida de novos artistas afegãos em contexto de guerra, e Jalanan, de Daniel Ziv, sobre músicos de rua em Jacarta, são dois dos filmes que constituem a competição internacional. Para além destes, a organização do festival selecionou ainda documentários sobre o guitarrista espanhol Paco De Lucía, o músico brasileiro Dominguinhos, o grupo punk londrino The Dammed e a banda heavy metal norte-americano Twisted Sister.

O MUVI abre também portas aos clássicos do cinema para prestar homenagem a Julie Andrews e Christopher Plummer, com Música no Coração, que cumpre este ano meio século, a ser alvo de uma retrospetiva numa sessão única que apresentará o mítico musical numa versão restaurada em 4K. Também Quase Famosos, realizado por Cameron Crowe em 2000, e When Bjork met Attenborough, que se foca num encontro entre a cantora islandesa Bjork e o naturalista David Attenborough, vão ser relembrados pelo festival, enriquecendo assim a secção Acordes Históricos.

Música no Coração

Da Curta à Longa é uma das novidades da edição deste ano do festival. A estreá-la está Whiplash, o filme que na última cerimónia dos Oscars levou para casa três prémios e que surgiu de uma curta-metragem assinada igualmente por Damien Chazelle e também interpretada por JK Simmons em 2013. O MUVI propõe assim um olhar para as duas obras, convidando o espectador a (re)ver um dos títulos mais badalados dos últimos tempos e a conhecer o trabalho que esteve na sua origem.

O MUVI Lisboa tem lugar no Cinema São Jorge de 1 a 6 de dezembro. A programação está ainda por fechar e até ao início do evento muitas novidades serão anunciadas. Por enquanto, já podes contribuir para o financiamento do festival na plataforma de crowdfunding que encerra dia 13 de novembro.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Cory Monteith
Cory Monteith: o eterno quarterback lutador