Concluídos os episódios de Halloween, a nova ronda de Scream Queens apresentou-nos uma noite realmente assustadora. O novo episódio, intitulado Seven Minutes in Hell, estreou no dia 20 de outubro no canal FOX, e trouxe não um, não dois, mas TRÊS homicídios.

Ficando empatadas na votação para a presidência de Kappa Kappa Tau, Chanel (Emma Roberts) e Zayday (Keke Palmer) tornam-se co-líderes da irmandade. Zayday decide organizar uma festa de pijama e as raparigas depressa descobrem que estão presas em casa, pois todas as portas e janelas se encontram trancadas.

O grupo da fraternidade Dickie Dollar Scholars decide partir uma janela e ajudar as jovens, mas o Red Devil intervém na situação e assassina um dos rapazes (Caulfield) com um machado. Chanel nº.3 (Billie Lourd), durante um jogo de Spin The Bottle, confessa que tem sentimentos por uma das raparigas, Sam (Jeanna Han), e beija-a.

S2

No entanto, durante um jogo de Verdade ou Consequência, Sam conta a toda a gente um dos segredos obscuros de Chanel n.º3. Esta vinga-se e obriga a rapariga a ir sozinha para a cave. Como seria de esperar, o assassino surge mais uma vez e mata Sam, sufocando-a com um saco de plástico.

Os restantes membros do grupo decidem jogar Seven Minutes in Heaven. Quando é a vez de Chanel n.º5 (Abigail Breslin) e o seu namorado, Roger (Aaron Rhodes), entrarem no armário, o Red Devil decide fazer mais uma aparição e assassina o rapaz com uma pistola de pregos.

Dentro do armário, o grupo descobre uma passagem secreta para túneis subterrâneos, concluindo que o assassino não tem de ser obrigatoriamente um dos jovens presentes na festa, podendo ter vindo de fora. Chanel e Zayday aventuram-se nos túneis e são atacadas pelo serial killer, mas acabam por escapar ilesas.

S1

No dia seguinte, a diretora Munsch (Jamie Lee Curtis), a par de polícias, conclui finalmente que a onda de assassínios praticadas pelo Red Devil tem como único alvo os presentes na Kappa Kappa Tau – as raparigas e os seus namorados. No final do episódio, Chanel anuncia que não deixará mais ninguém morrer e que será a sua própria missão ir atrás do assassino.

Não estando conformadas com a situação, Chanel nº.3Chanel nº.5 decidem fazer um pacto, dizendo que farão tudo por tudo para ser as últimas a sobreviver, mesmo que Chanel tenha que morrer.

Para uma audiência jovem, este foi provavelmente um dos melhores episódios da série até agora. Concentrado exclusivamente nos protagonistas adolescentes, este episódio fez-nos regressar um pouco no tempo e recordar as festas e os jogos típicos deste anos de juventude.

Foi uma hora com um ritmo acelerado, quase em clima de thriller, em que os jovens se encontravam presos e o vilão atacou vez após vez, fazendo-nos questionar: será alguém de dentro ou de fora? A prestação de Emma Roberts surpreendeu pela positiva, pois ela foi, sem dúvida, o pilar dos momentos cómicos em todo o episódio – algo que raramente acontecia nos anteriores.

NOTA: 8/10