bones

Bones 11×01: um agradecimento aos fãs

A décima primeira temporada de Bones – em português Ossos, exibida na FOX – estreou no passado dia 1 de outubro com um episódio intitulado The Loyalty in the Lie e trouxe um crime caseiro que se assume como um agradecimento aos fãs assíduos.

Na última temporada, Temprance Brennan (Emily Deschanel) e Seeley Booth (David Boreanaz) abandonaram o Instituto Jeffersonian para se concentrarem na sua família. Seis meses mais tarde, um corpo é encontrado e a equipa conclui que o cadáver é, na verdade, Booth. Este acontecimento chocante obriga Brennan a voltar ao serviço de modo a descobrir o que aconteceu ao seu marido.

B1

A antropóloga forense, em conjunto com Angela (Michaela Conlin), Hodgins (T.J.Thyne), Cam (Tamara Taylor), Aubrey (John Boyd), Caroline (Patricia Belcher) e Arastoo (Pej Vahdat) – que substituira Brennan na sua ausência – começam a investigação e descobrem que, nos últimos seis meses, Booth não estivera a trabalhar no FBI, mas estivera sim envolvido numa espécie de esquema criminoso.

Brennan acaba por concluir que os restos encontrados não eram, afinal, de Booth, mas sim do seu irmão, Jared, e que o seu marido está vivo, ganhando uma nova força para desvendar o caso. A nova agente Grace Miller (Kim Raver), no entanto, impõe-se como um obstáculo, pois está determinada a provar que Booth está por trás do assassínio cometido. A equipa é conduzida a uma mansão, onde encontram vários cadáveres baleados. Após examinarem o local do crime, descobrem que Booth esteve presente na cena e que ele próprio saiu baleado do sucedido.

B2

O episódio termina com a revelação de que a agente Miller está a esconder, visto que também o seu parceiro desapareceu recentemente e as suas informações ocultas podem ser a chave determinante no desfecho do caso. Nos últimos minutos, vemos Booth numa cave, acompanhado por um grupo de criminosos, apresentado um orifício de bala na sua barriga – no entanto, o grupo recusa-se a prestar-lhe qualquer assistência médica, colocando a vida do protagonista em risco.

Bones é um exemplo nos dias que correm – onze temporadas não são brincadeira. No entanto, o verdadeiro valor na série reside no facto de esta saber voltar em grande, prestando uma homenagem à legião de fãs que a segue. A melhor maneira de começar uma temporada e, de facto, regressar às suas raízes e apresentar um caso que une as personagens enquanto equipa. Neste episódio não só assistimos à lealdade de Brennan perante Booth enquanto esposa e parceira, mas também do resto da equipa enquanto amigos. Um regresso fenomenal que nos faz lembrar por que é que nos apaixonámos por estas personagens em primeiro lugar.

NOTA: 9/10

Mais Artigos
Festival da Canção
Festival da Canção. Final perde espectadores e é menos vista que a primeira semifinal