No próximo dia 24, a famosa série Heroes, exibida originalmente na NBC, irá regressar com um novo capítulo intitulado Heroes: Reborn, após ter sido cancelada em 2010. Para os fãs mais dedicados ou para aqueles que estão simplesmente curiosos por espreitar o futuro da série, o Espalha-Factos fez questão de recapitular as quatro temporadas, de modo a estares a par do que deves saber antes do tão aguardado dia.

Criada por Tim Kring, Heroes estreou em 2006, baseando-se na banda desenhada homónima. A primeira temporada inclui o primeiro volume, intitulado Genesis, no qual indivíduos aparentemente normais descobrem que possuem habilidades especiais. A introdução da série centra-se num número reduzido de personagens.

Heroes 1

Somos apresentados a Claire Bennet (Hayden Panettiere) – bem como à sua família -, uma jovem que tem o poder de regeneração espontânea. Seguem-se os irmãos Petrelli  Nathan (Adrian Pasdar) e Peter (Milo Ventimiglia): o primeiro é um candidato a deputado com a habilidade de voar e o segundo é um enfermeiro que descobre que consegue imitar as habilidades dos outros. Niki Sanders (Ali Larter) é uma stripper e mãe solteira que sofre de transtorno dissociativo de identidade e possui uma força sobre-humana. Matt Parkman (Greg Grunberg) é um polícia capaz de ler – e eventualmente controlar – as mentes dos outros. Hiro Nakamura (Masi Oka), residente no Japão, descobre que consegue manipular espaço e tempo. Isaac Mendez (Santiago Cabrera) revela ser capaz de pintar o futuro.

Enquanto estes indivíduos aprendem a inserir os poderes nas suas vidas, assistindo aos efeitos nefastos que estes possam revelar, outras personagens sem habilidades pretendem investigar o fenómeno. Mohinder Suresh (Sendhil Ramamurthy) é um cientista indiano que continua o trabalho do seu falecido pai. Noah Bennet (Jack Coleman), pai adotivo de Claire, é a cara de uma organização conhecida simplesmente como The Company, que pretende controlar e até eliminar indivíduos sobre-humanos.

Heroes 2

A primeira temporada tem como vilão principal Sylar (Zachary Quinto), um serial killer capaz de compreender como funciona a mente dos outros, sendo capaz de os matar e roubar-lhes os poderes. No último episódio, os heróis unem esforços para confrontar Sylar, acabando (aparentemente) por destruí-lo.

A segunda temporada corresponde ao segundo volume, intitulado Generations, acompanhando o vírus Shanti, desenvolvido pelos fundadores de The Company em 1977. O vírus é altamente perigoso e, uma vez libertado, acabaria por destruir toda a população, humana e sobre-humana. Os heróis unem-se mais uma vez na tentativa de impedir uma epidemia mundial.

Esta temporada introduz novas personagens, tais como Elle Bishop (Kristen Bell), uma sociopata capaz de gerar eletricidade; Maya Herrera (Dania Ramirez), uma mulher mexicana capaz de emitir veneno e matar aqueles que se encontram perto dela; Monica Dawson (Dana Davis), conhecida por copycat, visto ser capaz de imitir os movimentos que vê; e Adam Monroe (David Anders), que possui um poder igual ao de Claire, revelando que a regeneração espontânea eventualmente se torna em imortalidade, estando vivo há mais de 400 anos.

Heroes 3

A terceira temporada engloba dois volumes. O primeiro, intitulado Villains, acompanha o desenvolvimento de uma fórmula por Arthur Petrelli (Robert Forster), pai de Nathan e Peter, que pretende atribuir poderes a pessoas que não os possuem. Arthur tem a habilidade de absorver os poderes dos outros. Angela Petrelli (Cristine Rose), mãe dos irmãos, junta-se também ao elenco principal da série nesta temporada, revelando que é capaz de prever o futuro através de sonhos.

Este volume acompanha igualmente a fuga de variados vilões de uma prisão, todos eles com perigosas habilidades, os quais se juntam à demanda de Arthur – nomeadamente Sylar, que afinal revela estar vivo. Uma das personagens principais, Niki Sanders, morre, mas a atriz regressa no papel de Tracy Strauss, gémea de Niki, que descobre possuir a habilidade de congelar tudo aquilo em que toca.

O próximo volume, intitulado Fugitives, acompanha o plano de Nathan em usar a sua influência política para capturar todos os indivíduos sobre-humanos e aprisioná-los. O plano não corre como esperado e, no final da temporada, Sylar, em jeito de vingança, mata Nathan. No entanto, por este ser uma importante figura pública, Matt Parkman usa os seus poderes telepáticos para controlar a mente de Sylar e obrigá-lo a pensar que é, na verdade, Nathan, o que faz com que nem um nem outro saiam propriamente da série.

Heroes 4

A quarta e última temporada corresponde ao último volume, intitulado Redemption, introduzindo um grupo carnavalesco liderado por Samuel Sullivan (Robert Knepper), capaz de controlar os elementos ligados à terra. Samuel tem como pretexto criar um grupo cada vez maior de pessoas com poderes, com o pretexto de criar um ambiente familiar seguro em que as pessoas possam ser livres de ser elas mesmas.

Na verdade, quanto mais sobre-humanos Samuel tiver à sua volta, mais forte se torna, tendo como plano principal aumentar o seu poder e matar milhares de pessoas, revelando assim a existência de sobre-humanos ao mundo inteiro. Os heróis unem esforços mais uma vez para evitar esta catástrofe. No final da série, o sexto volume intitulado Brave New World é introduzido, no qual Claire revela os seus poderes para um grupo de repórteres e jornalistas.

Heroes: Reborn, segundo os produtores, irá voltar aos elementos básicos da história, na medida em que apresenta novas personagens que descobrem gradualmente que possuem habilidades especiais. Este novo capítulo situa-se um ano após os eventos da série original, revelando que entretanto houve um ataque terrorista no Texas. O governo acaba por culpar os sobre-humanos pelos ataques e estes veem-se obrigados a esconder-se ou fugir.

Heroes 5

Noah Bennet irá regressar como uma das personagens principais, tendo como objetivo descobrir novos heróis que possam provar que os sobre-humanos não são perigosos. Embora o elenco principal esteja completamente renovado, iremos assistir ao regresso de caras conhecidas, tais como Angela, Matt, Hiro, Mohinder, Micah Sanders (Noah Gray-Cabey) e O Haitiano (Jimmy Jean-Louis).

Alguns fãs encontram-se preocupados por não voltar a ver alguns dos grandes pilares da série original, tais como Claire, Peter e Sylar. Os respetivos atores encontram-se, de momento, ocupados com outros projetos. Deste modo, ainda é incerto se, neste novo volume, as suas personagens encontrar-se-ão mortas graças ao ataque terrorista, ou se eventualmente irão aparecer.

Heroes: Reborn estreará na NBC no próximo dia 24 e ainda não tem data definida para estrear em Portugal. Este regresso contará apenas com 13 episódios, tendo a possibilidade de ser renovada para uma segunda temporada.