O Fala Atelier situa-se no Porto e foi um dos 40 participantes selecionados de todo o mundo para apresentar trabalhos no âmbito da 1ª Bienal de Arquitetura de Chicago. O evento terá lugar no período compreendido entre três de outubro e três de janeiro de 2016, em Chicago.

O Fala Atelier, criado em 2013 no Porto pelos arquitetos Filipe Magalhães, Ana Luísa Soares e Ahmed Belkhodja, vai representar Portugal neste evento que visa dignificar o melhor do trabalho arquitetural produzido um pouco por todo o mundo.

A lista dos 40 participantes foi elaborada pelos diretores do evento, Joseph Grima e Sarah Herda, mediante o suporte de um conselho consultivo constituído por Frank Gehry, David Adjaye, Elizabeth Diller, Jeanne Gang, Sylvia Lavin, Hans Ulrich Obrist, Peter Palumbo e Stanley Tigerman.

A exposição desta Bienal vai estender-se entre o Chicago Cultural Center e outros espaços da cidade. Cada atelier participante fará ainda parte da discussão sob o tema O Estado da Arte da Arquitetura.

“O nosso objetivo é criar uma exposição e um programa público que seja significativo, tanto para o público como para os profissionais da arquitetura”, afirma a diretora Sarah Herda. Outro dos objetivos é produzir um contraste entre trabalhos elaborados em condições culturais, sociais e económicas radicalmente diferentes, de países como o Equador, Reino Unido, Espanha, Indonésia, Tailândia, Grécia, Bélgica, Japão, México, Dinamarca, Colômbia, França, África do Sul, Alemanha e Coreia.